SINTEPP Marabá: informativo retroativo do piso magistério

Leia o informativo sobre o retroativo do piso do magistério divulgado pela Subsede de Marabá no dia 14 de janeiro.

Na última segunda-feira, dia 11/01 realizamos o nosso ato público em Frente ao CACS – FUNDEB e CME para reivindicar o retroativo do nosso Piso do Magistério atrasado de 12,84% do ano de 2020 integral e a finalização do Calendário Letivo de 2020, com base na alteração feita pelo Conselho Municipal de Educação no dia 22/12.

Durante a reunião com o Presidente do Fundeb, Hildecy Ferreira, o mesmo confirmou que entrou em contato com o Prefeito e afirmou que o retroativo do Piso de 2020 será pago de forma integral, mas não definiu a data do pagamento.

Há controvérsias porque os rumores continuam de que o governo efetuará apenas uma parte do pagamento do retroativo do Piso do Magistério, o que não justifica, tendo em vista que no início de 2020, Marabá recebeu 17 milhões a mais no Fundeb e até 31/01 ainda cairá do Fundeb nas contas municipais, 13 milhões 800 mil dos 15% da complementação da União. O Prefeito poderia, muito bem, pagar com o recurso próprio da Educação, a outra parte do retroativo. Se o Prefeito tem recurso para contratar, tem recurso para pagar o piso e enquadrar no final de janeiro.

Lembrando que o criador desta política de poupança para o servidor, foi próprio prefeito, Tião Miranda, que ganhou fama de bom administrador dos recursos públicos, porém já começa a declinar nesta administração quando não se organiza melhor quanto ao pagamento retroativo dos salários dos professores, levando em consideração a espera do retroativo todos os anos pelos servidores.

O bom administrador dos recursos tem organizado bem as obras da cidade, mas tem deixado para trás o investimento na valorização profissional dos servidores, pois além dos professores, há os servidores do nível médio que continuam sem reajuste de salários nos últimos 5 anos.

É importante frisar, que no período da negociação com a procuradoria, o Prefeito afirmou que pagaria tudo o que deve aos trabalhadores da Educação, porém as dívidas estão gerando uma bola neve, que só aumentam a cada mês e o governo não apresenta um calendário de pagamento dos atrasados, nem do próprio período de gestão dele mesmo.

Portanto, aqui em Marabá falta gestão e nossa próxima assembleia geral ocorrerá no dia 18/01 (Segunda-feira), pela Plataforma Zoom, às 17 horas. É importante a participação de todos e todas para encaminhar os rumos do nosso movimento.

SINTEPP Marabá.

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.