Em greve desde 18|02, educadores de Irituia lançam carta à comunidade

A deflagração da Greve se deu pela negativa do governo de Marcos Tonheiro em reajustar o piso salarial do magistério. O gestor também não apresentou proposta de pagamento e nem um calendário de retorno das aulas presenciais, com garantia dos protocolos sanitários, rompendo assim qualquer caminho para o diálogo.
Leia abaixo a Carta divulgada pela Subsede do Sintepp Irituia em 15|02.

Nesta segunda-feira (21), os/as grevistas realizam ato público pelas ruas do município.

Na luta contra o calote do piso, nossa categoria resiste! Juntos somos mais fortes!

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.