Bolsonaro veta aumento de verbas para a merenda escolar

Enquanto nosso país padece com a insegurança alimentar, Jair Bolsonaro veta o aumento de recursos para a alimentação escolar. Segundo dados da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, no Brasil de hoje mais de 33,1 milhões de pessoas passam fome.

Essa situação alarmante é agravada pela falta de políticas públicas de geração de renda e o expressivo desemprego de pais e mães, que vêem na escola o único amparo para alimentar seus filhos.

Nós, que estamos no chão da escola, cotidianamente acompanhamos crianças que só têm em sua unidade de ensino o respaldo alimentar. Tendo muitas vezes que levar para casa sobras de alimento para dividir com seus irmãos e outros membros da família.

A crueldade deste governo não tem limites. Enquanto vemos o desvio de verbas dentro do MEC, nossas crianças seguem sendo as principais vítimas da insegurança alimentar, que afeta diretamente o desenvolvimento cognitivo e motor daqueles e daquelas que são o futuro de nossa nação.

Não aceitaremos calados a miséria!   

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.