Sintepp denuncia a política genocida de Bolsonaro

Nossa dor não se fecha em números. Um ano depois da primeira morte por coronavírus no Brasil, assumimos junto com outros países a esteira de epicentro mundial.

O vírus, invisível para a ciência, negado por chefes de Estado, continua nos levando nosso bem maior: A VIDA! Por isso, não é hora de recuar! Queremos vacina para todos/as e a garantia de condições de trabalho e dos recursos tecnológicos para que possamos dar prosseguimento aos nossos compromissos pedagógicos com a qualidade de ensino a que fomos formados/as.

Do luto à luta, convocamos nossa categoria a se manter vigilante e atenta! Aos defensores e executores da necropólitica informamos NENHUM MINUTO DE SILÊNCIO!

Sigamos com coragem, sigamos lutando!

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.