SINTEPP Belém exige liberação do trabalho presencial no município

É PRECISO FAZER DIFERENTE

Novamente o Sintepp Belém está exigindo a liberação de trabalhadores da educação do trabalho presencial. Desta vez são os de serviços gerais e readaptados que estão sendo obrigados a tomarem conta da escola mesmo com o lockdown em Belém.

Essa política ocorreu no primeiro lockdown quando o ex-prefeito Zenaldo suspendeu as aulas presenciais mas manteve os trabalhadores não docentes em escala nas escolas. Eles tinham que preencher Declaração de Deslocamento para acessar a escola. E essa exigência está de volta com o novo governo.

O Sintepp Belém já solicitou em ofício dia 04/01 à Semec e em novo ofício neste 16/03, a Liberação dos trabalhadores de serviços gerais do trabalho presencial. Isso é uma necessidade diante do agravamento de contaminação e morte pela Covid.

Em reunião realizada dia 15/03 com diretores/coordenadores de escolas a Semec comunicou que esses trabalhadores deveriam manter o funcionamento das escolas com a limpeza, higienização e Portaria.

Ressaltamos que esses servidores não são Porteiros ou Seguranças para tomarem conta do patrimônio fechado. É trabalho da guarda municipal e da vigilância patrimonial atender essa demanda. Nossos companheiros que estão lotados nessa função, a maioria são mulheres, muitas com comorbidades e em idade avançada. Não podem ser obrigadas a estarem na escola presencialmente.


Bastaria a contaminação pela Covid-19 para impedir essa medida administrativa descabida, mas o perigo não é apenas esse, nossas companheiras estarão à mercê da violência que ainda faz vítimas pelo estado, inclusive no interior das escolas, como o caso recente ocorrido na região nordeste do Pará. Todos e todas temos o direito de proteger a vida, cabendo à prefeitura de Belém através da Semec o dever de zelar pela integridade das servidoras e dos servidores.

O Sintepp Belém exige que a Semec reveja sua posição e libere esses trabalhadores para o isolamento social. Estamos perdendo nossos colegas de trabalho; amigos e familiares. Estamos sem assistência à saúde e sem reajuste de salários e não podemos adoecer neste momento.

Coordenação do Sintepp Belém

.

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.