Nossa missão é educar para a liberdade

Por provocação do Sintepp, através de nosso Conselheiro prof. Haroldo Freitas, ocorreu na manhã de hoje (11) mais um diálogo no Conselho Estadual de Educação (CEE), o tema foi a implementação no Pará das escolas cívico militares.

Recebido com desagrado na maioria das escolas, como o Justo Chermont, o projeto mantém o viés autoritário que tanto condenamos e expressa a repressão que rejeitamos.

Muitos fatores levam ao crescimento desenfreado da violência, a militarização das escolas não pode ser imposta a partir da incapacidade do Estado de prover cidadania.

Por isso, nosso sindicato mantém a posição firme e contrária ao projeto autoritário de militarização de nossas unidades de ensino.

Haverá outro momento em que a categoria terá espaço para expressar sua opinião. O fato é que não descansaremos enquanto estiver se impondo este modo autoritário nas escolas.  

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.