Categoria ratifica que vacinação seja para todos/as os/as trabalhadores/as e exige sanitarização das escolas

Reunidos/as em assembleia geral virtual pela plataforma zoom na manhã desta segunda-feira, 24, Trabalhadores/as em Educação do Estado do Pará avaliaram a proposta do governo Helder Barbalho de iniciar a vacinação dos educadores já esta semana, com o indicativo de retorno as atividades presenciais nas escolas logo após a primeira dose da vacina astrazeneca. Na pauta foi incluído demais pontos da campanha 2021 que tem como tema: Pelo direito à Vida e pela vida com Direitos.

Aprovada a metodologia, a assembleia foi coordenada por Beto Andrade, Cirlene Cabral, Conceição Holanda e Mateus Ferreira. A reunião começou pelos informes quando foi pontuado o Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Educação e da Vida e pela celeridade da CPI da Covid-19, em curso em Brasília. Foi apresentada a agenda de luta do dia 29|05, quando na cidade de Belém e diversos municípios pólos do Pará ocorrerão carreatas e manifestações populares de denúncia a postura genocida do presidente Jair Bolsonaro que por falta de medidas céleres para combater a pandemia permitiu o avanço da doença, que ceifou a vida de mais 449 mil brasileiros.

Avançando a pauta, a categoria recebeu informes jurídicos e da coordenação do SNTEPP relativos ao piso, retroativos, planilhas bimestrais e consignados. A direção do sindicato explanou ainda sobre as reuniões que participou junto ao governo do estado, através da Procuradoria Geral do Estado, Secretaria de Saúde do Estado, Secretaria de Educação do Estado e Ministério Público para tratar do plano de vacinação demonstrando a defesa incansável que vem realizando para que o governo garanta a preservação da saúde do conjunto dos/as trabalhadores/as da Educação e o quanto a mobilização da categoria colaborou para este momento de importante vitória que é a chegada de 50.000 doses do imunizante contra o coronavírus, que lamentavelmente já tirou tantas profissionais competentes e dedicados à educação de nosso convívio. Por isso, novamente, foi reafirmado nosso compromisso com a ciência e com as estratégias educacionais para a superação deste vírus.

Após falas dos presentes foram tomados os seguintes encaminhamentos:
• Garantia da vacinação para todos os trabalhadores/as em educação em todos os municípios;
• Antes de se definir a data do retorno às aulas presenciais que seja garantida a sanitarização das unidades educacionais e escolas, conforme aponta a recomendação da OMS e secretarias de saúde.

Para finalizar foi reafirmada a seguinte agenda:

25/05 (terça-feira) – 16h – Live Facebook Sintepp: Pandemia versus volta às aulas, com o médico sanitarista, professor da USP e fundador da Anvisa Dr. Gonzalo Vecina.

Mobilize os/as colegas e participe, tirando suas dúvidas pelo chat.

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.