Categoria em luta consegue audiência com Chefe da Casa Civil

Helder quer acabar com o Piso do Magistério do Pará, não vamos aceitar!

O Sintepp convocou para esta quarta-feira (1) a Paralisação Estadual da Educação Pública. O ato ocorreu pela manhã em frente ao Palácio dos Despachos, na Av. Almirante Barroso, em Belém, e contou com a adesão de diversas escolas.

Além das reivindicações já pontuadas e apresentadas ao Governo Helder Barbalho (MDB), que se referem a não garantia do piso do Magistério e a ação no Supremo Tribunal Federal que ameaça nosso PSPN a partir do ano de 2017, a unificação de nosso PCCR, a validação de nossa jornada de trabalho e a celeridade nas obras de reforma de nossas unidades educacionais, a manifestação também acolheu novamente a defesa de nossa Previdência, visto que desde o início do ano aguardamos a revogação da lei 9.322/2021, que rebaixou sobremaneira a remuneração de mais de 7.000 aposentados/as da educação paraense.

Outro importante objetivo de nova paralisação era a garantia de uma audiência com o governo, uma vez que no último período, tanto SEDUC, quanto SEPLAD, Casa Civil e o próprio Governador têm ignorado nossas solicitações de negociação.

Nossa luta de hoje conquistou essa audiência, comprovando mais uma vez que nossa unidade como categoria e coragem para fazer valer nossos direitos fazem a diferença e apontam para a valorização profissional e a justiça social.  

Clique aqui e veja os informes da comissão que reuniu na Casa Civil. Observe também mais imagens da paralisação em nossas redes sociais.

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.