ALUNOS DE BREVES, NO MARAJÓ, SOFREM NO ATENDIMENTO DO VALE-ALIMENTAÇÃO

Os alunos da rede estadual de ensino de Breves, na ilha do Marajó, têm feito diversas reclamações sobre o atendimento do vale-alimentação fornecido pelo Governo do Estado.

Os alunos reclamam que apesar de haverem muitos estabelecimentos comerciais em Breves, poucos querem atender o vale-alimentação. Os proprietários dos supermercado reclamam da demoram em receber o pagamento, por isso se esquivam de atender o vale.

Os alunos reclamam que os supermercados fornecem poucas senhas de atendimento e, isso faz com que os alunos passem boa parte do dia em filas em péssimas condições.

Os estudantes também denunciam que há supermercados que estão impondo um cobrança extra no ato das compras no valor entre 8 a 10 reais por aluno, o que é considerado um abuso, conforte relatam os usuários.

Segundo informações, muitos alunos já denunciaram a situação a SEDUC, mas até agora nenhuma providência foi tomada pelo gestor da URE 13, responsável pela gestão das escolas de ensino médio na região do Marajó.

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.