Categoria diz não a proposta de redução de salários de Jatene|Helenilson

Baixe aqui a versão em pdf

O Sintepp informa que os trabalhadores em educação da rede estadual, reunidos em assembleia geral na manhã desta quinta-feira (23), na EE. Cordeiro de Farias decidiram por unanimidade pela manutenção da greve.

Ontem (22), durante a audiência no TJE|PA entre o Sindicato e governo, mediada pela desembargadora, Gleide Moura, os representantes do governo não recuaram nas proposições de atacar os direitos dos trabalhadores em educação.

O governo insiste em responsabilizar os educadores e propagandeia que busca consenso, porém a falta de diálogo e responsabilidade com a comunidade escolar parte do poder público. Em resumo, e mesmo diante da insistência do Sintepp em trabalhar ponto a ponto um enxugamento da pauta, o governo se manteve inflexível.

Ao final da tarde de ontem (22), o governo propôs reunião da categoria que aconteceu pela manhã de hoje (23). Representantes do Sintepp, do comando de greve e a Assessoria Jurídica do sindicato participaram da reunião ocorrida na SEAD em que estiveram presentes o secretário de educação, Helenilson Pontes e a secretária de administração, Alice Viana.

Observe os principais pontos debatidos na reunião:

JORNADA/LOTAÇÃO

O governo pela primeira vez recuou nas suas proposições, apresentando uma proposta de lotação em que asseguraria uma lotação com até 220h em efetiva regência, passando a considerar o Art. 7º da lei 8030/14, podendo em casos excepcionais autorizar extrapolação além deste limite.

O governo também mantém a posição de aplicar os 25% atualmente aplicados de Aula Suplementar.

PAGAMENTO DO PISO

O governo confirma o pagamento do Piso a partir deste mês. Entretanto, foi afirmando pelo governo que o pagamento sairá apenas com a jornada, sem as aulas suplementares. Apontam a possibilidade de pagar a diferença das aulas suplementares a que o professor fizer jus neste mês em folha suplementar até o dia 15 de maio, mediante agilização da lotação de 2015.

RETROATIVO DO PISO

Apesar da categoria ter apresentado uma contraproposta de pagamento do retroativo em três parcelas, o governo apresentou uma proposta de quitação pelo governo em 18 meses, sendo o primeiro pagamento em setembro.

REFORMA NAS ESCOLAS

O governo se comprometeu em apresentar um cronograma de reforma nas escolas até o final do mês de abril. Ou seja, o governo não apresentou uma proposta concreta em suas proposições, como por exemplo, o cronograma definido para a reforma das escolas. E o sindicato voltou a cobrar em mesa tal divulgação. 

PCCR UNIFICADO

Com relação ao PCCR unificado, não se avançou para o encaminhamento do projeto de imediato para Assembleia Legislativa do Pará (como esperam os trabalhadores e versa o acordo de 2013, que apontava o prazo máximo até abril do ano passado). O governo propôs retomar o debate nas mesas de negociação permanentes. A categoria confirmou na assembleia que espera que até a próxima negociação o governo estabeleça um prazo mínimo para enviar o projeto do PCCR Unificado para a Alepa.

 

A greve é legal. Diga não ao assédio moral

Mesmo com um acordo judicial em mãos, assinado em 2013, o judiciário paraense não conseguiu mediar às divergências nos pontos cruciais que apontam para um possível fim no movimento grevista.  A equipe jurídica do sindicato assegurou que a própria desembargadora Gleide Moura confirmou que não existem elementos para abusividade do movimento como sugeriu a PGE, considerando-se assim a greve legal.

Portanto, nossa categoria não deve se submeter à nenhuma ameaça e assédio que possam vir a ser praticados pelos representantes do governo, até por que, mesmo que a greve já tivesse sido declarada abusiva, caberia recurso desta decisão.

 
AGENDA de Greve. Mobilize os colegas e organize sua escola
24|04 (SEXTA-FEIRA)
Panfletagem em feiras e mercados e municípios.
DAICO|DAOUT: Feira da 8 de maio (em frente a Farmácia Extrafarma), 08h.
 
26|04 (DOMINGO)
9h
Atividade Cultural/Aula pública
Pça da República (Belém)
 
27|04 (SEGUNDA)
REUNIÕES DISTRITAIS (Belém)
DAMOS, 09h – EE. HONORATO FILGUEIRAS
DAENT, 09h – EE. CORDEIRO DE FARIAS
DABEL, 09h – EE. DEODORO DE MENDONÇA
DABEN, 09h – EE. RAIMUNDO VIANA
DASAC, 09h – EE. JOSÉ ALVES MAIA
DAGUA, 09h – EE. ZACARIAS DE ASSUNÇÃO
DAICO/DAOUT, 9h – EE. PALMIRA GABRIEL
 
28|04 (TERÇA)
8h
Ato público, em frente ao Hangar (Av. Dr. Freitas)
 
29|04 (QUARTA)
9h
Assembleia geral, EE. Cordeiro de Farias
 
O Comando de Greve confirma paralisação em 94% das escolas, suspensão das aulas em 122 municípios e divulgará em breve as agendas de mobilização das regionais.
1. CSC_03614.1.DSC_03922.1. DSC_02633.1 DSC_03105.DSC_02934.DSC_0278

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.