23|06 (QUI) – Paralisação Estadual da Educação

Assembleia Geral aprova Paralisação Estadual em 23|06

Trabalhadores/as em Educação Pública do Pará, reunidos/as em assembleia geral, na manhã desta quarta-feira (15), na EE Cordeiro de Farias, deliberam por paralisar as atividades educacionais no próximo dia 23 de junho.

O movimento será em resposta aos ataques que o governo Helder Barbalho (MDB) tem proferido ao Piso do Magistério, tentando somar vencimento-base e gratificação de nível superior, diluindo este importante direito, conquistado pela categoria através de suas mobilizações e lutas ao longo de décadas.

Outra grave situação é postergação do Estado, que em mais de três anos de gestão, não encaminhou o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da Educação para a Assembleia Legislativa, deixando uma parcela significativa de servidores/as de fora da evolução funcional.

Há ainda o descontentamento das comunidades escolares, que continuam convivendo com a falta de infraestrutura nas escolas. São salas de aula sem ventilação adequada, prédios com problemas sérios na rede elétrica expondo discentes ao risco de incêndio, estruturas danificadas e com perigo de desabamento, escolas funcionando dentro de outras escolas superlotando os espaços e não possibilitando a organização escolar, banheiros entupidos, problemas hidráulicos, atraso na entrega da alimentação escolar e etc.

Sintepp repudia ação do Governo Helder de tentar impedir Assembleia Geral

Desde a semana passada nosso sindicato enviou para a direção da USE e à SEDUC uma solicitação de cedência do espaço da quadra da EE Cordeiro de Farias para a realização da Assembleia Geral de hoje (15). Ocorre que somente ontem (14) durante uma reunião para debater o Sistema Modular de Ensino na SEDUC nossa Coordenação foi informada que não poderíamos utilizar o local no dia e horário indicados para nossa reunião, já convocada.

Na manhã desta quarta-feira (15) tentamos novamente uma mediação junto à direção da escola e obtivemos, porém, outra negativa. Diante do desrespeito com nossa categoria, sobretudo com educadores/as que se deslocaram de municípios de fora de Belém, decidimos manter nossa assembleia em frente à EE Cordeiro de Farias, visto que a ordem para a portaria foi que a unidade de ensino fosse trancada e que não se autorizasse a entrada de nenhum participante de nossa reunião. Gerando um constrangimento totalmente desnecessário para profissionais da educação. Mais de 1 hora depois e percebendo que não recuaríamos, a direção da escola abriu a área do estacionamento para que déssemos prosseguimento a assembleia.

Nunca, em governo anterior algum, o Sintepp foi impedido de reunir dentro de uma escola. É lamentável e vergonhosa a maneira autoritária com que os Barbalhos gerenciam a educação pública no Pará!

Nosso sindicato repudia veementemente este episódio! Organização sindical é direito do/a trabalhador/a! Não seremos intimidados/as ou silenciados/as!      

Assembleia delibera também Seminário sobre PCCR e Jornada de Trabalho

Entre os encaminhamentos aprovados na assembleia desta manhã, na EE Cordeiro de Farias, estão:

  • Assembleia específica dos Administrativos e Operacionais em 20|06 (segunda-feira), às 9h, na SEDUC Sede (Aug. Montenegro);
  • Paralisação Estadual em 23|06 (quinta-feira), às 9h, na Casa Civil (Dr. Freitas);
  • Estado de Greve permanente;
  • Mobilização por reforma nas escolas sem infraestrutura;
  • Seminário sobre PCCR e Jornada de Trabalho, com data a definir.   

Para baixar a versão em PDF deste boletim clique aqui.

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.