Zenaldo e Padovani ameaçam servidores na Escola Bosque

Administração da Escola Bosque quer impor o comparecimento ao trabalho no sábado, 27, alegando obrigação de repor dias que foram letivos. No dia 05 de fevereiro  as aulas foram normais e no dia 15 do mesmo mês a entrada dos funcionários, determinada pela administração, foi às 11h, mas ocorreu aula normal nos turnos tarde e noite.

@luizpinto

Os professores estão sendo ameaçados a comparecer no sábado, em uma suposta “festa de aniversário da escola”, cujo o propósito é fazer uso político da celebração para a promoção pessoal da presidente da Funbosque, Beatriz Padovani e de seu grupo político.

A referida “comemoração” (planejada sem a participação da comunidade escolar) ocorre em meio a tentativa de extinção do Ensino Médio, da superlotação da escola, da descaracterização dos espaços pedagógicos e da perseguição (com transferências e abertura de arbitrários Processos Administrativos Disciplinares/PAD’s) para a demissão de servidores concursados.

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.