Adiamento da Assembleia Geral Estadual de 16|09

Na audiência de hoje (15) o governo Helder rejeitou a contraproposta apresentada pela categoria, argumentando que a Lei Complementar impede a concessão de abonos, bem como que a proposta também ultrapassa os R$ 706 milhões de limite fiscal e financeiro apresentados nas sucessivas mesas de negociação realizadas até aqui. A Secretária de Estado de Planejamento e Administração, Hana Ghassan, reiterou os prazos para o encaminhamento da Lei Orçamentária até o final de setembro, relatando que a proposta apresentada à categoria tem gerado cobrança das demais categorias no Estado.

Com a negativa, o SINTEPP insistiu na proposta de transformar os R$ 706 milhões em percentuais para aplicar em reajuste no vencimento base, sem modificar a estrutura salarial atualmente percebida pelo magistério público paraense.

A Secretária informou que a proposta única do governo foi a apresentada, mas solicitou que nosso sindicato oficializasse a proposta reapresentada na mesa para ser encaminhada ao Governador.

Sendo assim, por necessidade de novos elementos para o debate, e após consulta à Coordenação Estadual do Sintepp, encaminhamos o adiamento da assembleia geral marcada para amanhã (16/09), para a próxima quinta-feira (23/09), às 9h30.

Coordenação Estadual.

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.