Categoria aprova Greve na Educação paraense a partir de 16.03

A vitoriosa e representativa assembleia geral da rede estadual de ensino do Pará da manhã desta segunda-feira (7) aprovou Greve na Educação a partir do dia 16 de março, dia em que será realizada a Greve Nacional da Educação, convocada pela CNTE.

Ainda esta semana deve acontecer a audiência com o governo para que sejam oficialmente apresentadas as respostas às nossas pautas. Com isso, a decisão tomada hoje aponta para a greve na rede estadual de ensino, caso o governo não cumpra com o reajuste do piso do magistério, bem como avance nas demais pautas.

A atividade começou por informes e as Subsedes apresentaram a situação atual das Campanhas em seus municípios. Em seguida foi aprovada por unanimidade Nota em Solidariedade à companheira Silvia Letícia, que vem sofrendo ataques e fake news por sua atuação sindical frente à Coordenação Municipal do Sintepp/Belém. Foi informado ainda o horário e local da concentração do 8 de março – Dia Internacional da Mulher, que ocorrerá amanhã (8), às 17h, na Praça da República.  

A pauta apresentada ao governo foi reafirmada pela coordenação do sindicato à categoria, com os pontos de pauta a seguir:

1) Reajuste salarial para os Profissionais da Educação;

2) Piso Salarial 2022 e retroativos;

3) Plano de Cargos, Carreira e Remuneração para todos trabalhadores em educação – PCCR JÁ!

4) Jornada de trabalho com 1/3 de hora atividade;

5) Correção das injustiças e valorização de aposentadas/os e pensionistas;

6) Reajuste do Auxílio Alimentação;

7) Condições estruturais e materiais das escolas;

8) Eleições Diretas p/ direções de escolas;

9) Debate, preparação, formação, estruturação e adequação da rede para a implementação da nova matriz curricular em 2023;

10) Vacinação de toda a comunidade escolar;

11) Avanço nas pautas específicas: Especialistas em Educação, SOME, Educação Especial, Convênios Seduc/Fasepa/Seap, Garantia do Espanhol obrigatório na matriz curricular; e

12) Melhorias urgentes no IASEP.

Quase no fim da Assembleia o Governo do Estado, por meio de suas redes sociais, informou o reajuste de 10,5% para o serviço público, a partir de abril, o aumento no auxílio alimentação de R$ 600,00 para R$ 1.000,00, e o pagamento do Piso do Magistério (33,24%), sem detalhar como será garantido isso.

O anúncio feito pelo governador se deve muito à nossa persistência e disposição de luta, somadas

Nosso sindicato estará na mesa geral de negociação com a Casa Civil neste dia 08/03, e com o indicativo de reunião específica no dia 09/03, que será acompanhada por um ato de nossa categoria.

No dia 11 de março uma nova assembleia deverá ser realizada, para avaliar os resultados da audiência, assim como os desdobramentos de nossa luta “Pra Fazer Valer Nossos Direitos!”

Vamos precisar de todo mundo!

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.