Em Magalhães Barata alunos enfrentam lama para chegar à escola

É esse caminho cheia de lama que alunos e trabalhadores em educação da zona rural do município de Magalhães Barata têm que enfrentar a pé por quilômetros pelas vicinais para chegar até a escola todos. Em denúncia enviada ao SINTEPP nossa fonte relata:

“Em pleno século XXI, ainda nos deparamos com situações humilhantes como essa. Estudantes da zona rural do município de Magalhães Barata estão tendo que enfrentar quilômetros de atoleiro a pé, para chegar à sala de aula. Por conta das péssimas condições das estradas vicinais, abandonadas pelo prefeito Gerson Miranda (MDB), os ônibus escolares estão impossibilitados de adentrar nas comunidades e, em meio à lama e chuva e com as calças no meio da canela, as crianças e adolescentes são obrigadas a ir caminhando para a escola. É revoltante!”

Enquanto isso contamos com a omissão do poder público!

Até quando?

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.