Educadores paraenses aprovam assembleia geral, com votação de indicativo de greve, para 07|03

A decisão foi tomada durante o ato público, na manhã de hoje (24), que acompanhou a negociação com o governo Helder, em frente à Seplad

Nossa categoria mostrou disposição à luta na manhã desta quinta-feira (24) durante o ato público que ocorreu em frente à Seplad. A atividade foi para acompanhar a mesa de negociação entre Sintepp e Governo do Estado.
Na reunião, foi debatida jornada de trabalho, matriz curricular, PCCR unificado, reajuste geral para profissionais da ativa e aposentados/as e o piso salarial do Magistério. Veja o informe de nosso coordenador de Comunicação, prof. Beto Andrade.

Especificamente sobre a questão dos/as aposentados/as, na próxima semana será agendada uma reunião com o Igeprev. Sendo confirmada a data, o Sintepp convocará a Comissão de Aposentados/as a participar da atividade. O sindicato informa ainda que já está encaminhando o processo de ação judicial, definido em assembleia específica dos/as aposentados/as.

No ponto unificação do PCCR, existe uma ação judicial favorável à nossa categoria e há uma comissão que está se debruçando à elaboração deste plano e que está avançando nesta formulação. A Seplad se comprometeu a, assim que a documentação chegar ao órgão, fazer o estudo de cálculo necessário para que o PCCR possa ser encaminhado à Alepa para sua devida aprovação. Um debate importantíssimo para a valorização de todos os funcionários de escola.

Sobre o reajuste geral, o governo remeteu o mesmo debate que teve anteontem (22) com Fórum de Servidores Públicos, em reunião na Casa Civil, alegando que está aguardando a consolidação da arrecadação do Estado que deve acontecer no final deste mês, indicando o período de 8 e 9 de março para a apresentação de proposta de reajuste.

O governo alegou que continua o estudo do impacto orçamentário e que depende da conclusão dos mesmos para sinalizar o reajuste do magistério. Cobramos novamente o cumprimento da Lei e lembramos que nossa categoria já tem uma deliberação de não início do ano letivo, caso o governo continue não cumprindo o determinado pela Lei.       

Pra fazer valer nossos direitos, ficou definida ainda assembleia geral da categoria no dia 07|03, onde analisaremos o indicativo de greve e ato público no dia 09|03, para acompanharmos nova audiência agendada com o governo.

Registramos ainda na data de hoje, os 90 anos de conquista do voto feminino no Brasil. Marco histórico dos enfrentamentos das mulheres contra o machismo, com muitos percalços a vencer, mas que conta com este sindicato na luta pela igualdade de gênero e pela ampliação da participação feminina na política.  

# Helder, pague o piso do Magistério

# Reajuste geral já!

# PCCR Unificado já!  

© Copyright SINTEPP

Desenvolvido por Netozip

Receber informativos exclusivos

Cadastre-se para receber nossos boletins informativos, aviso de lives e reuniões do SINTEPP

Também não gostamos de SPAM, fique tranquilo, seus dados estão guardados de forma segura e utilizaremos exclusivamente para enviar nossas novidades.