Sintepp cobra audiência para discutir a pauta econômica da Campanha Salarial 2021

A coordenação do Sintepp esteve hoje (20) cobrando a audiência para debater a pauta da Campanha Salarial 2021, cujo tema é: “Pelo Direito à Vida, Pela Vida com Direitos!”.

Historicamente, as negociações salariais se dão nos primeiros meses de cada ano, sendo abril uma referência de debates e construção de possibilidades.

Lamentavelmente, o governo Helder não se dispôs a nenhum diálogo neste sentido, ignorando os diversos ofícios e solicitações de audiência feitas por nosso sindicato.

No melhor estilo “passando a boiada”, Helder se esconde atrás dos ataques nacionais para não valorizar o serviço público como um todo, e a educação em particular.

A famigerada LC 173/2020, que congelou gastos até o final de 2021, não se aplica à realidade da obrigatoriedade de cumprimento do piso magistério público paraense, que tem legislação anterior a essa lei complementar, além de termos inúmeras decisões judiciais favoráveis, inclusive goleando o governo no STF, com o placar de 5 X 0 contra seus argumentos meramente protelatórios.

Em nossa última live sobre o tema, foi evidenciado pelo Auditor Fiscal do Estado que fez a demonstração dos números, que Helder só não avança na política salarial se não quiser.

O governo nunca teve tantas condições fiscais, financeiras e jurídicas para realizar essa política de valorização, tendo condições inclusive se quitar sua dívida junto à nossa categoria.

Ademais, a Câmara Federal aprovou a Lei 14.131/2021 que faculta aos bancos a possibilidade de suspensão por até 120 dias dos consignados.

Embora essa não seja uma política direta de valorização, é emergencial frente ao longo tempo sem reajustes, e até de perdas para o serviço público paraense, como no caso do aumento de 27% na alíquota do IGEPREV.

Nossa categoria não deixará de lutar pela justa valorização, e seguirá cobrando esse direito, que outrora foi cantado como compromisso de campanha pelo então candidato Helder Barbalho.

Sigamos lutando!

Coordenação Estadual

Geisi Dias

Read Previous

Walmir Brelaz lança o livro “Revivências”

Read Next

É hora de cobramos juntos/as a bancada paraense na Câmara Federal contra o PL 5595/2020

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *