Mobilização do movimento social de Castanhal veta aumento da alíquota previdenciária do munícipio

O Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação Pública do Pará (SINTEPP), Subsede de Castanhal, teve acesso à pauta da sessão ordinária da câmara dos vereadores/as do dia 17/12/20 e para nossa surpresa estava novamente na pauta o projeto de Lei complementar de autoria do poder Executivo (Prefeito Pedro Coelho), que aumenta a alíquota de 11% para 14% a contribuição dos servidores efetivos municipais para o Instituto de Previdência Municipal de Castanhal (IPMC).

O SINTEPP, por conseguinte, mobilizou as categorias e através das representações delas como o SINTEPP, o SindSaúde, o Sindicato da Guarda Municipal, o SINDISPE Guamá, a Associação dos ACS e ACE, a Juventude, o Movimento Popular, o PSOL e alguns militantes do PT, conseguiu fazer pressão junto aos vereadores do município. A pressão foi enorme que forçou a retirada do projeto de pauta, o que traz para todos a confirmação de uma grande vitória dos(as) Trabalhadores/as, mas é preciso que a categoria esteja vigilante e organizada de formas que, todos nós não possamos permitir que mais uma vez os(as) trabalhadores/as paguem pelo sucateamento do sistema previdenciário.

Nossa luta tem sido árdua neste ano de 2020, com a pandemia da Covid-19, com a retirada de direitos dos trabalhadores/as em nosso município, contudo fazemos o bom combate resistindo aos ataques dos que perseguiram e perseguem as organizações dos trabalhadores. Nossas bandeiras se renovam
a cada dia e neste momento uma delas é a luta em defesa dos nossos direitos e
em defesa da vida.

SINTEPP Castanhal.

Geisi Dias

Read Previous

Que em 2021 haja vacina para todos/as

Read Next

O FUNDEB é público! Vitória da Educação Pública!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *