Governo remarca retomada das aulas para novembro e confirma audiência com sindicato

Em nota emitida na última sexta (09/10) pela Secretaria Adjunta de Ensino – SAEN/SEDUC, o governo Helder recuou em relação à retomada das aulas presenciais no próximo dia 13/10, indicando agora o dia 03/11 para esse retorno.

Podemos considerar vários fatores para essa decisão, mas, sem dúvidas, a resistência e luta de nossa categoria, através de nosso sindicato, tem sido fundamental para impedir medidas que exponham ainda mais as vidas e saúde de nossa estudantada, nossa categoria e da comunidade escolar como um todo.

A luta da categoria, em mobilização permanente pelo sindicato, com a decisão de indicar a greve sanitária, as denúncias de corrupção que chegam ao gabinete do governador, a proximidade das eleições municipais, são provavelmente os elementos mais destacados para esse recuo, embora existam questões ainda não respondidas, que deverão ser pautadas na audiência do próximo dia 14/10 com a SEDUC.

Desde o início da pandemia o SINTEPP tem defendido que os protocolos de segurança sejam respeitados, e que o governo garanta condições sanitárias para um retorno seguro.

Defendemos com veemência o controle da curva de contágio, testagens para um melhor mapeamento epidemiológico, garantia de insumos e adaptações nas escolas, tudo para mitigar os riscos de contaminação e mortes.

Com coerência, mesmo sendo alvos de ataques de quem nega a ciência, e por conta do “libera geral” promovido por Helder-Zenaldo-Pioneiro e diversos/as outros/as gestores/as, há uma tentativa de desqualificação de nossa categoria pela resistência exercida até aqui.

Contudo, nossa posição tem se mostrado a mais correta, com base nas orientações das autoridades de saúde.

Continuaremos a defender que esse ano letivo seja feito em conjunto com o de 2021, e que a SEDUC, o CEE e os Conselhos Municipais regulamentem esse formato, chamando a Undime para essa unificação de calendários, o que permite um fluxo de matrículas, demandas e logística comum da rede estadual e municipais, impedindo assim prejuízos aos estudantes.

É fundamental seguir com nossa organização, de mãos dadas nessa luta que é de todos/as nós, em defesa da vida e da escola pública!

Sendo assim, definimos por remarcar para o dia 14/10 nosso ato em frente à SEDUC, a partir das 9h, dia em que realizaremos a audiência com a Secretária de Educação – Elieth Braga.

Sigamos lutando✊🏽

Coordenação Estadual do SINTEPP

Baixe aqui o memorando 225/2020 do SAEN

AGUINALDO FERREIRA

Read Previous

Greve Geral Sanitária da Educação

Read Next

SINTEPP Stª Bárbara funda Subsede

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *