Marabá: categoria aprovou continuidade do Estado de Greve até 30.09

Em 24 de setembro a Rede Municipal da Educação Básica Marabá aprovou a Manutenção do Estado de Greve até o dia 30/09 por entender que o Governo Tião Miranda não apresentou nenhuma proposta de pagamento das pautas atrasadas com relação a educação. Assim, os pontos debatidos na assembleia foram suficientes para destacar que é preciso organizar nossa luta para o enfrentamento necessário com o governo, pois já estamos há quase quatro anos de retrocesso na Educação Básica de Marabá.

Tião Miranda cortou os salários dos professores em Maio de 2017, ingressou com Ação Direta de Inconstitucionalidade sobre os PCCR prejudicando os servidores concursados de nível médio para nível superior, estabeleceu a famigerada escala 12×36 para os agentes de portaria, extinguiu a Eleição Direta para Diretores, extinguir as Comissões de Reformulação do PCCR e Hora-Atividade e vem ao longo desses quatro anos congelando os salários dos servidores de nível médio.

Para onde está indo tanto dinheiro? Porque os educadores são vistos como inimigos do governo Tião Miranda? É triste ver em nosso município um gestor administrativo que traça seu governo em cima de obras sem dar qualidade de vida para os trabalhadores, acesso à saúde digna e geração de emprego e renda.

Por isso, no dia 30/09 realizaremos Assembleia Geral para definir os rumos de nosso movimento. Participe e Grite: Tião Miranda, pague nossos direitos! É seu dever!

SINTEPP Marabá.

Geisi Dias

Read Previous

07|OUT: Assembleia Virtual do Sintepp

Read Next

Sintepp Mãe do Rio cobra liberação de Trabalhadores do Grupo de Risco

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *