Marcha da Educação marca os 100 dias do Governo Helder

O SINTEPP realizou na manhã desta quarta-feira, 10, em Belém a Marcha em Defesa da Educação Pública do Pará, que contou com grande participação de nossa categoria e de estudantes das escolas estaduais. O movimento seguiu até a SEAD, onde foi garantida a reunião com a Secretária de Estado de Administração – Hana Ghassan.

Nosso sindicato abriu a reunião apresentando o resultado de nossa assembleia geral, ocasião em que nossa categoria rejeitou a proposta apresentada pelo governo, e ainda aprovou estado de greve na rede estadual de ensino.

Ficou explícito ao governo que a frustração da categoria só não é maior do que sua vontade de lutar pela garantia do cumprimento da Carta Compromisso, amplamente divulgada pelo a época candidato Helder.

A cobrança é de que o Governo Barbalho apresente uma proposta mais concreta de valorização apontando ao reajuste do Piso, bem como que dê retorno das diversas pautas educacionais represadas.

O SINTEPP levou à mesa de negociação problemáticas atuais da educação, como por exemplo, as questões da ameaça de retirada das aulas suplementares, da chamada de novos concursados em substituição aos temporários, da necessidade de se avançar nas reformas das escolas, e da necessidade de se avançar na valorização da categoria como um todo.  A cobrança pelos enquadramentos também foi objeto de debate, juntamente com a cobrança do PCCR unificado.

Após todo o debate feito, o governo questionou ao sindicato se havia alguma contraproposta a ser apresentada. Como não houve deliberação coletiva, o SINTEPP solicitou que o governo apresente nova proposta, devendo haver nova audiência na SEAD em 16 de abril.

Por fim, informamos sobre as alterações de agenda do calendário de lutas:

  • 11/04 (quinta-feira), pela manhã o SINTEPP participa e convoca nossa categoria para a Sessão Especial na ALEPA, chamada pela Dep. Estadual Marinor Brito (PSOL), que dará continuidade às discussões para se buscar avanços na educação pública paraense,
  • 24/04 (quarta-feira) – PARALISAÇÃO NACIONAL da Educação Contra a Reforma da Previdência;
  • 26/04  (quinta-feira) – Assembleia Geral com indicativo de GREVE na Rede Estadual de Ensino do Pará.

 

 

 

netozip

Read Previous

Ação Solidária Entre Amigos – Maurilo Estumano

Read Next

Reunião de Trabalhadores de Escolas em Tempo Integral