Governo de Abaetetuba tem 48 horas para regularizar transporte escolar

Ontem, 15, na cidade de Abaetetuba, representantes do Conselho do FUNDEB (Waldira e Ezequiel), do Conselho Tutelar (Jurcirley), do SINTEPP (Jésus), da Câmara de Vereadores (Edileuza e Soterio), das Escolas do Estado (Inês), da Cooperativa e do Sindicato dos Rabeteiros, do Governo Municipal (Secretária de Administração e da Licitação), de pais de alunos e o Promotor Público Frederico estiveram na Audiência Judicial da 1° Vara.

A reunião tratou sobre a Regulamentação do Transporte Escolar no município que apresenta precariedades, e ficou definido que o governo  cumprirá  liminar em 48 horas para regularização do atendimento do transporte escolar e pagará os rabeteiros. Caso não cumpra, terá multa pessoal a Secretária de Educação e ao Prefeito.
O governo municipal tem cinco dias para apresentar suas justificativas do porque não atendeu a liminar e se está com o transporte escolar funcionando regularmente. As queixas ocorrem desde novembro do ano passado. Enquanto isso o povo obviamente protestou contra a má gestão municipal.

Por isso, a Subsede do SINTEPP Abaetetuba parabeniza a Cáritas e a Pastoral Social da Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz (das Ilhas de Abaetetuba), que junto com os movimentos sociais do campo, realizaram um ato em frente ao Fórum da Comarca de Abaetetuba, para reivindicar o transporte escolar.
O êxito da atividade se deu pelo empenho das entidades e população  do campo que colaboraram com movimento.

#Nenhum direito a menos

#Transporte Escolar é direito não esmola

#Viva a Resistência e a Luta

VITÓRIA DOS MOVIMENTOS SOCIAIS!

 

netozip

Read Previous

SOLIDARIEDADE À GREVE DA EDUCAÇÃO E AO SINTEPP BAIÃO

Read Next

25 de março – Assembleia Geral: governo Helder, prazo esgotado para pagar o Piso