ASSINE A PETIÇÃO POR DEMOCRACIA NA ESCOLA BOSQUE EM BELÉM-PA

Apoie o manifesto Democracia na Escola Bosque. Os educadores concursados, os alunos e a área de preservação da Escola Bosque estão sendo ameaçados das mais diversas formas. A gestão do Prefeito Zenaldo Coutinho e da Presidente da Fundação Escola Bosque Beatriz Padovani estão destruindo a cada dia o projeto de Educação Ambiental desta instituição de ensino, que recebe e educa crianças desde o Ensino Infantil e os forma para o trabalho e para a vida no Curso Médio Técnico em Meio Ambiente, curso que se realiza de forma integral (Dois turnos) e integrada (o currículo de todas as disciplinas fazem educação focada nos problemas sócioambientais e em alternativas para seu enfrentamento).
A Escola Bosque funciona nas Ilhas de Caratateua (Outeiro), Cotijuba, Jutuba e Jamaci em Belém do Pará. A gestão atual quer extinguir o Ensino médio alegando gastos excessivos, mas com reais interesses politiqueiros, pois aumentaram o número de alunos em mais de 500 vagas este ano de 2019 querendo falsear a resolução do problema do grande número de crianças fora da escola no Município (que segundo processo da Defensoria pública é gigantesco, mais de 78 mil crianças fora da escola, principalmente na faixa de 0 a 8 anos sem respeitar o espaço da Escola Bosque ou mesmo, o que seria mais razoável, construir novas salas de aulas em outras escolas municipais.
A área do Bosque dessa escola é um espaço de preservação, que não vai suportar o atual quantitativo de cerca dois mil alunos, pois já está desgastado pela falta de plano e ações de gestão ambiental. O Curso Médio Técnico tem baixo impacto financeiro para o município, menos de 0,05% e existe previsão própria para ele no orçamento de 2019, pois mais de três quartos de seus educadores são concursados e lecionam também no Ensino Fundamental.
No recesso escolar deste ano simplesmente iniciaram uma total descaracterização na Escola, retirando espaços pedagógicos de projetos para transformar em salas de aula (superlotadas, inclusive com número inadequado de alunos com necessidades especiais, que precisam de atenção especializada) e destruindo a estrutura interna do laboratório de química (como bancadas de concreto utilizadas para oficinas e experimentos) para fazer sala de aula com mais de quarenta alunos.
Desde o ano passado foram feitos diversos PADs com falsas acusações feitos para desgastar a imagem dos educadores e a lotação dos mesmos está sendo feita sem qualquer diálogo, de forma impositiva. A equipe gestora está sendo apoiada por assessores, contratados e comunitários ligados ao governo municipal e à presidência da fundação, que estão espalhando calúnias e ofensas diversas na comunidade e por redes sociais, acusando educadores e estudantes de não cumprirem suas obrigações, serem vagabundos, entre outras ofensas.
Também criaram um Fórum Ilegítimo durante o recesso dos educadores e sem convocá-los, formado por pessoas que frequentam a presidência e os espaços da gestão diariamente e ficam na escola vigiando e intimidando professores e alunos.
Os que subscrevem este Manifesto exigem Democracia na Escola Bosque!
Por uma Escola Bosque com eleições diretas para Presidência, coordenações e demais cargos de gestão!
Pelo fim das indicações políticas que fazem da Escola Bosque um cabide politiqueiro!
Pela retirada da presidente Beatriz Padovani e sua equipe gestora, que além de não respeitar o diálogo com a comunidade escolar, tomando medidas autoritárias, persegue e coage educadores!
Pelo respeito às origens comunitárias da Escola Bosque e sua história de luta por um ambiente mais saudável, equilibrado e justo.

Clique no link abaixo.

ASSINE A PETIÇÃO POR DEMOCRACIA NA ESCOLA BOSQUE EM BELÉM-PA.

 

netozip

Read Previous

N2 realiza etapa de I Encontro de Funcionários de Escola

Read Next

EM DEFESA DA DEMOCRACIA NA ESCOLA BOSQUE