Assembleia geral ratifica paralisação nos dias 11 e 12|05

O Sintepp realizou na manhã desta quarta-feira (04) assembleia geral da categoria, no Centro de Ciências Naturais e Tecnologia da Universidade Estadual do Pará (CCNT/UEPA), em Belém, para debater as pautas da Campanha Salarial 2016.

Além dos informes gerais, apresentados pela Coordenação Estadual e a Assessoria Jurídica do Sindicato, a categoria reafirmou posicionamento contrário ao PLC 257/2016, que congelará gastos e investimentos na área do serviço público; pelo imediato pagamento do piso 2016; contra a redução da carga horária e matriz curricular do ensino médio; e debateu demais pautas de interesse dos/as trabalhadores/as em educação.

A categoria debateu a conjuntura e avaliou o momento político que se avizinha. Nas falas do plenário surgiram denúncias relacionadas à merenda escolar, concursos públicos pendentes, o processo de impeachment em curso no país da presidente Dilma Rousseff, recadastramento de servidores, e a ainda o registro da apresentação pelo deputado Izalci (PSDB/DF) no último dia 23.03, do PL nº 867/2015, que pretende incluir entre as diretrizes e bases da educação nacional o “Programa Escola sem Partido”, descontos da greve/2015, cobrar audiências do governo com o Ministério Público, educadores/as de escolas atendidas pelo Projeto Mundiar e pela EJA confirmaram que estão há cinco meses sem aula. Também foram sugeridas ações populares contra os DAS de Jatene e será avaliada a realização de nova rodada de seminários sobre Jornada e Lotação.

Após a conclusão e registro das falas, a mesa encaminhou a votação sendo APROVADO o seguinte encaminhamento:
Paralisação de 48 horas nos dias 11 e 12|05
Fique atento (a) a agenda de mobilização:
11|05
Manhã
Ato público unificado SPE’s. Concentração: SEAD.
Tarde
Acompanhar agenda de debates sobre matriz curricular, por USE.
12|05
Manhã
Ato público. Concentração: Iasep.
Tarde
Reunião por distrito sobre matriz curricular.

Sintepp Sindicato

Read Previous

11 E 12 DE MAIO: PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES ESTADUAIS

Read Next

Escola Gondin Lins, em Ananindeua, sofre segundo assalto

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *