Após mais de quatro horas de debate, extinção de cargos é transferida para esta terça-feira (22)

A votação do Projeto de Lei (PL) que pretende extinguir mais de 49 cargos da administração pública municipal de Belém foi novamente transferida. Depois de mais de quatro horas de debate, a votação foi transferida para esta terça-feira (22) por falta de quórum.
Com as galerias lotadas, os vereadores ainda chegaram a votar substitutivas e emendas. A vereadora Marinor Brito (PSOL) solicitou a separação de criação e extinção de cargos. Cleber Rabelo (PSTU) apresentou a emenda que pedia a exclusão da extinção de cargos do PL, mantendo só a criação. O vereador Moá Moraes (PCdoB) teve três substitutivas apreciadas, dentre elas a que solicitava a retirada dos agentes de serviços gerais da lista de extinção. Nenhuma as demandas foi aceita.
Depois que o plenário esvaziou, o presidente da Casa, Orlando Reis (PSD) suspendeu novamente a sessão, remarcando-a para amanhã (22), às 12h00. Os servidores programam um ato público para a partir das 9h00, e prometem não arredar pé da Câmara Municipal de Belém até que o projeto seja arquivado.
O estudante Renan Reis foi agredido pela vereadora Meg Barros (PRP) e a Guarda Municipal, tendo o supercílio rompido, e está na Seccional de São Brás prestando ocorrência. Logo depois o rapaz se encaminhará para o Instituto Médico Legal para fazer exame de corpo delito.

Sintepp Sindicato

Read Previous

Ato e Paralisação contra a tentativa de golpe no COMEPA

Read Next

Adiada para a quarta-feira (23) votação de extinção de cargos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *