Dom Eliseu: 10 dias de resistência e luta

Os (as) trabalhadores (as) em educação de Dom Eliseu, na regional Sudeste do Sintepp, chegam nesta sexta-feira (4) ao décimo dia de greve. A radicalização do movimento depois que a prefeitura da cidade anunciou que não pagaria o piso nacional salarial estabelecido por lei, além de exigirem o cumprimento do principio de legalidade.

A mobilização da categoria está crescente e os (as) educadores (as) prometem fazer valer seus direitos.

d. eliseu

Sintepp Sindicato

Read Previous

8 de março – às 8h00 – na UFRA. Mais direitos, nenhum retrocesso!

Read Next

8 de março Dia Internacional pelos direitos das mulheres

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *