ALUNOS E PROFESSORES DA ESCOLA SOUZA FRANCO PROTESTAM CONTRA FECHAMENTO DE TURMAS PELA SEDUC

Na manhã de hoje (20/01), alunos e professores da Escola Souza Franco interditaram a Av. Almirante Barroso, em protesto contra o fechamento das turmas da noite na escola, realizado pela SEDUC. Como já denunciado pelo SINTEPP, o governo quer implementar um processo de reordenamento, de maneira intransigente e unilateral, o que pode provocar uma série de problemas para a rede estadual de ensino.

O SINTEPP esteve presente no ato, representado pelos coordenadores Beto Andrade e Sílvia Letícia, participando também da reunião com a Secretária Adjunta de Logística da SEDUC, Beatriz Padovanni, que compareceu a reunião. No debate, a secretaria foi muito criticada e questionada quanto ao processo de fechamento de turmas.

Nossa categoria também não poupou críticas às péssimas condições da escola, que estaria sem bebedouros, sem ventiladores e com a bomba queimada, além da cobrança em relação à merenda escolar feita pelos alunos. A SEDUC afirmou que o processo de fechamento das turmas seria reavaliado e que consultaria a comunidade local sobre o processo. A secretária adjunta assumiu também o compromisso de garantir os reparos emergenciais na escola e de realizar a climatização de todas as salas ao longo do ano de 2016.

Nesta quinta (21), às 19h, a escola deverá realizar uma assembleia com a sua comunidade, com a participação da SEDUC, cujos compromissos deverão ser assumidos por meio de documento. O SINTEPP aproveita este exemplo e conclama todas as escolas ameaçadas de remanejamento a chamarem suas comunidades para o debate, para reagir a mais este ataque de Jatene.

Continuaremos à disposição e daremos todo apoio necessário para que nossas escolas resistam.

O Sintepp somos nós!

Sintepp Sindicato

Read Previous

GOVERNO JATENE AFIRMA QUE MANTERÁ PROCESSO DE REORDENAMENTO

Read Next

Porto de Moz, crime e castigo?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *