NOTA DE SOLIDARIEDADE À PROFESSORA DÉBORA MIRANDA DE ALENQUER

Na história de luta dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil, seja em períodos ditatoriais ou em períodos ditos “democráticos”, podemos nos orgulhar de diversas conquistas e de avanços no que diz respeito aos nossos direitos.

Mas essa mesma história é marcada por episódios que fazem do nosso país um dos “campeões” em perseguição e assassinato de lideranças, no campo e na cidade, na maioria das vezes sem punição alguma de assassinos e mandantes.
Nosso sindicato, que nasceu do esforço e da consciência dos trabalhadores e trabalhadoras na educação pública do Pará, tem uma trajetória de luta e de organização que o transformou na principal ferramenta de denúncia das péssimas condições em que se encontra a educação pública em todos os municípios onde estamos presentes, tem sido a voz que denuncia os desvios e o mau uso do dinheiro publico e que não se cala diante das ameaças dos querem governar como se não devessem nenhuma explicação, à sociedade, sobre seus atos.
Nesse sentido, repudiamos qualquer ameaça a qualquer membro de nossa categoria, seja da direção ou da base e em particular as ameaças sofridas pela atual Coordenadora Geral da Subsede de Alenquer, Professora Débora Miranda, que tem sido incansável na defesa de uma educação pública de qualidade e tem denunciado as diversas irregularidades cometidas pelo atual prefeito do município.
Esta Coordenação não medirá esforços para garantir a integridade física desta lutadora e denunciará em todos os órgãos de defesa dos direitos humanos, nacionais e internacionais, qualquer tentativa de intimidação de nossas lideranças.
Ao mesmo tempo, nos solidarizamos com a Professora Débora e sua família e nos colocamos à disposição para, em conjunto com a Regional Oeste, tomarmos as providências necessárias, em todas as esferas.

COORDENAÇÃO ESTADUAL DO SINTEPP

Sintepp Sindicato

Read Previous

Nota de solidariedade à companheira Débora Miranda

Read Next

Descontos serão suspensos a partir deste mês

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *