Trabalhadores em educação de Bragança aprovam paralisação com ato nesta quarta-feira (16)

Em assembleia geral ocorrida na tarde do último dia 09.12 os (as) trabalhadores (as) em educação da rede municipal de ensino do município de Bragança, na Regional Nordeste II do Sintepp, decidiram paralisar as atividades nesta quarta feira (16), contra a política de retirada de direitos do prefeito Nelson Magalhães (PT), que não pagou até a presente data os salários de novembro.

Durante a manhã do dia 09.12, o Sintepp reuniu com a Semed, tendo como pauta principal vetos no Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) e outras questões como: 80% de gratificação de Nível Superior, prioridade da isonomia do triênio, licenças de aprimoramento e prêmio, pagamento do prolabore, retroativo, salário do mês de novembro e décimo terceiro.

Sobre os vetos no PCCR, a Semed já desmarcou quatro reuniões de novembro para cá e a Câmara Municipal ainda apresentou a posição de retirada ou não dos vetos. O governo não apresentou uma resposta satisfatória aos (as) trabalhadores (as) e não honra com seus compromissos acertados em reunião, tais “desmandos” retiram direitos da categoria, por isso o estado de greve está mantido e os (as) educadores (as) estão em mobilização.

Sintepp Sindicato

Read Previous

Sintepp diz não ao reajuste do Iasep e pede transparência na gestão

Read Next

Defender o IASEP – patrimônio do servidor público!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *