Assembleia geral de Belém define agenda de lutas em resposta aos cortes de Zenaldo à educação. Fique atento e participe!

Os (as) trabalhadores (as) em educação da Rede Municipal de ensino reunidos (as) em assembleia geral na manhã desta quarta-feira, 21, no Centro Social de Nazaré (CSN), debateram e deliberaram sobre as pautas prioritárias a Campanha Salarial da categoria neste ano de 2015.

A Coordenação da Executiva Belém do Sintepp apresentou a seguinte pauta, sendo encaminhada pelos presentes: 1) Informes Gerais; 2) Informes jurídicos; 3) Resultado das audiências com o prefeito e com a secretaria de educação; 4) Unificação da luta contra a política de cortes de Zenaldo pelas entidades sindicais municipais e reestruração do Pabss; 5) Propostas e encaminhamentos da categoria; 6) Apresentação da nova Coordenação Executiva e Distrital de Belém do Sintepp.

Manifestam-se representantes da base em todos os distritos, que denunciaram a superlotação dos turnos da manhã e tarde depois da abrupta extinção do turno intermediário sem a ampliação da rede para absorver a demanda proveniente do turno que está sendo fechado, como já foi proposto pelo Sindicato, além de outras denúncias que serão verificadas junto à Semec e ao próprio prefeito em momento oportuno e devidamente encaminhadas em formato de relatório ao Ministério Público do Estado (MPE).

Após debate a categoria aprovou os seguintes encaminhamentos e agenda de mobilização e lutas:

  • Participação da reunião na Semad, do dia 22/10 (quinta-feira), às 10h, entre as entidades sindicais do serviço público municipal e o governo para tratar sobre cortes do vale alimentação no mês de férias dos servidores; terceirização dos serviços gerais/operacionais na PMB; precarização das condições de trabalho; garantia da contratação de empréstimos consignados aos servidores ACS e ACE da Sesma; filiação sindical eletrônica; nomeação dos candidatos aprovados no concurso público de 2012 da Funpapa.
  • Participação no ato de paralisação dos servidores do Ipamb, de sexta-feira (23), às 8h, em frente ao prédio do Instituto, na Av. Almirante Barroso.
  • Participação na reunião entre entidades sindicais e os vereadores da bancada de oposição ao governo Zenaldo, no dia 27/10, às 12h, na Câmara Municipal de Belém (CMB).
  • Participação no ato Nacional contra o Ajuste Fiscal, no dia 29/10, com concentração às 17h, na Praça do Operário, em São Brás.
  • Indicativo de paralisação na Rede Municipal de ensino, com ato público no dia 17/11 em frente à CMB para acompanhamento da votação da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Trabalhadores (as) da educação não aceitam cortes na educação! A luta continua, ZERALDO a culpa é tua!

Clique aqui para ler o boletim da assembleia, mobilize sua escola e repasse aos colegas de trabalho.  

Sintepp Sindicato

Read Previous

Nota de Repúdio à Secretaria Municipal de Educação de Concórdia

Read Next

Juiz determina que greve de Breves é legal e categoria mantêm agenda de mobilização

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *