Sintepp protocola ação e denúncia que questionam repasse de verbas para a iniciativa privada

O Sintepp protocolou nesta sexta-feira (14) ação civil pública contra o Estado do Pará tendo como objeto a suspensão dos efeitos do Pregão Eletrônico nº SRP nº 17/2015-NLIC/SEDUC, para oferta de cursos de inglês itinerantes, que tem como valor global R$ 198 milhões e vigência de 06/07/15 a 05/07/16, e cuja empresa vencedora BR7 Editora e Ensino Ltda., assim como do Pregão Eletrônico nº SRP nº 026/2015-NLIC/SEDUC, ainda em curso, que projeta injetar recursos públicos na ordem de R$ 11 milhões em escolas particulares enquanto as escolas públicas aguardam por reformas e enfrentam gravíssimos problemas de infraestrutura. O processo foi autuado sob o nº 0053966-65.2015.8.14.0301 e distribuído para a 2ª Vara de Fazenda de Belém.

O Sintepp também protocolou denúncia com esse mesmo objeto contra o Secretário de Educação, Helenilson Pontes, junto à Promotoria de Patrimônio Público e Moralidade Administrativa.

O promotor Alexandre Rodrigues, que reuniu com a Coordenação e Assessoria Jurídica (Asjur) do sindicato no final da manhã, deve instaurar o inquérito para apurar a responsabilidade do Secretário de Educação.

A Asjur já prepara petição para o Ministério Público Federal. Confira a representação na íntegra:

Sintepp Sindicato

Read Previous

Escolas estaduais são o retrato do descaso

Read Next

Sintepp inicia o 2º Conselho Estadual de Representantes de 2015

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *