Semed Irituia não garante pagamento e categoria pode entrar em estado de greve em 22.08

Em audiência realizada na tarde de ontem, 13, no prédio do Ministério Público Estadual, a Secretaria Municipal de Educação de Irituia, representada por seu gestor, secretário Francisco Pereira, não conseguiu explicar com provas concretas o porquê do atraso de pagamento para alguns grupos de funcionários de rede de Ensino de Irituia.

O Sintepp Irituia, representado pelos coordenadores da Subsede André Silva e Cláudia Chirley, além dos coordenadores da Regional da Nordeste I Messias e Jonisvaldo. Por várias vezes o sindicato questionou o representante da Semed sobre o “fatiamento” no pagamento dos salários dos funcionários, mas a resposta do gestor foi, no mínimo, curiosa, pois o mesmo afirmou em uma das respostas que a culpa era das escolas considerada de menor porte que, segundo ele, causam prejuízo às finanças da secretaria.
O sindicato apresentou extratos bancários provando que só nos primeiros sete meses de 2015, a secretaria já recebeu quase 12 Milhões de reais só de FUNDEB.
De forma objetiva, o Sintepp perguntou ao secretário quando sairia o pagamento para o restante dos funcionários que ainda estão em atraso. Todavia, a resposta não foi clara, pois não foi estipulada uma data exata para a conclusão do pagamento a todos os funcionários. Foi vagamente mencionado dia 20, mas sem afirmação contundente.

Outro ponto importante mencionado na audiência foi o de Eleição para o Conselho do FUNDEB. O Sintepp informou que desta vez não deixará o Conselho ser instituído de maneira irregular e que tomará todas as medidas cabíveis para garantir as vagas as quais são amparadas por Lei. Sobre esse ponto a Semed Informou que na próxima semana lançará o edital de convocação do pleito e que as vagas do sindicato estarão asseguradas.

Estas incertezas deixaram a categoria revoltada, pois a gestão municipal não conseguiu ser objetiva em relação a pauta principal da categoria (atraso de salário). Diante deste cenário, o Sintepp Irituia convoca todos os seus filiados para comparecerem na ASSEMBLEIA GERAL que será realizada no dia 22 deste mês de Agosto, onde o indicativo de estado de Greve deve ser votado.

Sintepp Sindicato

Read Previous

Alunos de escola Maria Câmara Paes de Breves não tem onde estudar

Read Next

Professores protestam contra descontos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *