A greve está mantida. Acompanhe as ações da greve pelo interior

Enquanto o Comando de Greve (CG) da Metropolitana aguarda posicionamento do governo Jatene|Helenilson (PSDB) em Belém, as demais regionais do Sintepp organizam suas ações.

 

Baixo–Tocantins

A regional informa que o quadro de greve está mantido. Os trabalhadores em educação estiveram nas atividades agendadas para a Metropolitana nos dias 28 e 29|04 e até o próximo dia 04|05, quando ocorrerá nova assembleia geral, em Belém, estarão mobilizando as escolas e consultando a base.

 

Marajó

A regional Marajó realizou ato de greve nesta quinta-feira (30) em frente 13º URE, no município de Breves. O quadro de greve permanece sem alterações. Segundo informações do CG da regional o momento foi oportuno “para que os companheiros marajoaras apresentassem a pauta de reivindicações da categoria à sociedade local, além de demonstrarem a unidade regional na luta em defesa de uma educação pública, gratuita e de qualidade”. O CG pondera que aguardará retorno das ações em Belém e acompanhará a assembleia de segunda-feira, 04.

 

N1

Os trabalhadores em educação da regional Nordeste I acompanharam as ações da Metropolitana de terça-feira (28), quarta-feira (29) e hoje, 30. A regional informa a manutenção da paralisação, conforme o quadro de greve divulgado.

No próximo dia 04|05 serão encaminhados representantes para a assembleia geral na capital. Enquanto isso, as atividades de reuniões, atos e mobilizações serão encaminhadas em conjunto com as regionais próximas.

 

N2

O CG da regional Nordeste II informa que acompanhou as atividades da Metropolitana nos dias 28 e 29|04 e até o próximo dia 04|05 consultará os representantes por escola, além de realizar assembleias com a base e atividades de esclarecimento à sociedade. Após a assembleia de segunda, 04, serão redefinidas as ações da greve nas cidades da regional. O CG avalia ainda a possibilidade de encaminhar representantes para a capital.

 

Oeste

O CG da regional Oeste informa que organizou visita aos municípios no dia 27|04. Na terça-feira (28), esteve em audiência com as Promotorias da Improbidade e Educação pela manhã e a tarde esteve em reunião do SOME, na 5ª URE, no município de Santarém. Ontem, 29, a tarde, os trabalhadores em educação deliberam por acompanhar a definições da assembleia em Belém e se mantém em greve.

A regional também destacou representante para acompanhar as negociações na capital e prepara calendário específico para a próxima semana.

 

Sudeste

O CG da regional Sudeste informa que a greve continua e as mobilizações serão mantidas até a próxima semana. Nesta quinta-feira (30) a regional promoveu ato de greve, com concentração na entrada da estrada de Serra dos Carajás, em Parauapebas. Os municípios que não puderam se deslocar até a cidade organizaram ações locais.

A regional acompanha atentamente as tentativas de negociações com o governo em Belém e referenda o aprovado na assembleia de ontem, 29. As demais atividades serão definidas a partir da assembleia geral de 04|05, na capital paraense.

   

Sul

Na manhã de hoje (30) os trabalhadores em educação da regional Sul realizaram ato referente à greve estadual, com concentração na cidade de Conceição do Araguaia. Por volta de 8h00 foi feito o bloqueio da PA 287, na saída da cidade para que se garantisse reunião na 15º URE. Em virtude da pressão dos educadores a gestora da URE recebeu o CG.

A atividade foi aprovada no último dia 25 em reunião da regional, no município de Água Azul do Norte. A mobilização nas escolas será mantida até a próxima rodada de reuniões e assembleias que serão marcadas após a assembleia geral de segunda-feira (4), em Belém.

Tocantina

A regional Tocantina informa que realizou rodada de reuniões e assembleias entre os dias 24 e 28|04. Após a deliberação da assembleia geral ontem, 29, em Belém manterá a mobilização nas escolas e definirá nova agenda de lutas a partir da assembleia geral de 04|05. O CG confirma ainda que os presentes à Conferencia Municipal de Educação do município de Cametá, prestaram solidariedade à greve da rede estadual no dia de hoje, 30.

 

Xingu

A regional Xingu informa que a assembleia geral realizada na sede do sindicato em Altamira, nesta quinta-feira (30), com participação dos municípios que a compõe avaliou o movimento e aprovou a manutenção da greve.

Existe a constatação de avanços, porém os presentes apontaram disposição para resistir a fim de garantir desdobramentos favoráveis a classe trabalhadora. Na próxima semana serão definidas novas assembleias e ações de consulta a base da categoria.

 

Quem luta também educa

As regionais registram solidariedade e luto pelo episódio truculento promovido pela polícia do governador Beto Richa (PSDB) contra os educadores do estado do Paraná ontem, 29.

Portanto, estabelecem luto pela educação pública no país, visto que os casos de agressão aos direitos dos trabalhadores não são isolados. O Sintepp reafirma solidariedade aos demais estados brasileiros que, como o Pará, enfrentam greves pela irresponsabilidade de seus governantes com a valorização profissional, afrontando a sociedade e nos submetendo a condições precárias de trabalho e consequentemente impondo uma lógica que vai de encontro aos direitos humanos.

O compromisso dos educadores se manterá fortificado na defesa da educação pública de qualidade social.

Fique atento (a) a agenda da GREVE

01|05 (sexta-feira)

9h00

Ato Nacional Dia do Trabalhador, concentração – Mercado de São Brás, 9h

04|05 (segunda-feira)

9h00

Assembleia Geral, EE. Cordeiro de Farias.

Sintepp Sindicato

Read Previous

Não é só por salários: exigimos reformas nas escolas, jornada digna e PCCR Unificado!

Read Next

Governo interrompe mesa de negociação com a categoria

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *