Itaituba: rebaixamento nos salários leva categoria à greve

Reunidos em assembleia geral extraordinário na tarde de ontem (19), os trabalhadores em educação da rede municipal de ensino de Itaituba, na Regional Oeste do Sintepp, deflagraram greve em resposta aos baixos salários estabelecidos pela prefeita Eliene Nunes (PSD).

A categoria reivindica prioritariamente:

1. Aumento salarial para garantia do cumprimento do piso nacional (após o reajuste do PSPN os trabalhadores passaram a receber menos que o piso nacional);

2. Cumprimento integral do PCCR;

3. Reformulação na lotação (o pessoal de apoio passou a ser responsável por 15 dependências. No entendimento do sindicato estas medidas precarizam as condições de trabalho);

4. Transparência na utilização dos recursos do Fundeb (hoje não há nem sequer um portal que apresente as cotas do fundo à população).

No dia 13 os educadores realizaram assembleia que deliberou o ato de ontem. A inexistência de avanços na reunião com o governo levou a categoria a convocar nova assembleia para a segunda-feira (23) que terá como pauta principal a votação de deliberação do início da greve.

A Coordenação Estadual acompanha as mobilizações e presta solidariedade aos camaradas.

Só avança quem luta!

Sintepp Sindicato

Read Previous

Salinas: categoria prioriza unidade e mantém greve

Read Next

Itaituba: greve e luta são mantidas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *