Breves: resistência dos trabalhadores mantém greve

A categoria segue firme na greve dos trabalhadores em educação de Breves, na Regional Marajó do Sintepp. No inicio da semana finalmente foi efetivado o pagamento de janeiro com a tabela atualizada, porém ainda está em debate a portaria de lotação.

Os educadores decidiram manter a greve até o fechamento das negociações da portaria de lotação e do calendário de reposição para a conclusão do ano letivo de 2014. Após a finalização destas duas pautas será realizada uma nova assembleia geral.

O processo de lotação irá até o próximo dia 20. Nos dois dias passados houve reunião entre Sintepp e governo para debater o calendário letivo. A Coordenação Estadual parabeniza a coragem e organização dos trabalhadores de Breves.

Só avança quem luta!

Sintepp Sindicato

Read Previous

Belém: categoria se organiza para enfrentar os desmandos do governo meritocrático de Zenaldo

Read Next

Nota de solidariedade aos professores e servidores públicos do Paraná

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *