Jornal da Executiva Belém do Sintepp

Acesse aqui

Nesta edição, o jornal do Sintepp faz uma retrospectiva das lutas e atividades dos trabalhadores em educação da rede municipal que marcaram 2014. Uma forma de prestar contas das ações desenvolvidas pela Executiva Belém ao longo do ano que passou.

Desde que foram eleitos em 2012, os dois Coordenadores Executivos de Belém, prof. Maurilo Estumano e o prof. Aldo Vasconcelos, assim como os demais dirigentes sindicais dos Distritos Administrativos de Belém, sempre estiveram à disposição das lutas da categoria, não só na defesa dos direitos conquistados, mas também na ampliação destes e na busca incessante por valorização profissional.
Muitos foram os embates contra um governo marcado profundamente pelo autoritarismo e denúncias de malversação de verbas e assédio moral contra os(as) trabalhadores (as) da educação, que souberam demonstrar maturidade política, pois não se curvaram e nem se dobraram diante de tantos desmandos do governo Zenaldo Coutinho (PSDB).

Em 2014 conseguimos mais filiados (as), graças aos novos servidores que ingressaram na rede via concurso público, uma bandeira histórica que o Sintepp sempre levantou e seguirá defendendo, como uma das formas de moralizar o serviço público nessa cidade.

Ainda há muito que avançar. Aqui não queremos apenas recordar nossas lutas, acertos e erros. Queremos debater os novos desafios que nos esperam, num cenário adverso, tanto nacional quanto estadual e municipal. E bem sabemos que a educação e os educadores (as) nunca foram prioridades para estes governos.
O Sintepp deve continuar no caminho das lutas a serviço dessa categoria, para ampliar direitos e consolidar conquistas. Uma entidade forte e democrática que completa este ano 32 anos de uma história repleta de lutas e conquistas e temida por muitos governos antidemocráticos por este Estado afora.

Nossa organização deve ser pautada pela solidariedade, com horizonte sempre nas mobilizações, pois o que nos fortalece é a nossa união, pois ajudamos a educar boa parte de nosso povo, por isso, buscam a todo custo inviabilizar nossos sonhos, seja pela justiça burguesa, seja pelo poder da canetada do algoz ditador, prefeito dessa cidade.
Novas conquistas nos esperam no ano que inicia. Vamos todos (as) juntos (as) arrancar nossos direitos e valorização profissional.

Sintepp Sindicato

Read Previous

Vigias santarenos encerram greve

Read Next

Belém: categoria se organiza para enfrentar os desmandos do governo meritocrático de Zenaldo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *