Bragança: greve suspensa após a garantia de envio do PCCR para a Câmara até 05.12, mas estado de greve é mantido

A assembleia geral dos trabalhadores (as) em educação do município de Bragança, na Regional Nordeste II do Sintepp, realizada na tarde desta segunda-feira (1) deliberou pela suspensão da greve mediante acordo assinado entre sindicato e governo Nelson Magalhães (PT) que teve como comprometimento principal o encaminhamento do PCCR, constituído pela categoria, até a sexta-feira (05.12) para votação na Câmara Municipal.

O presidente da Câmara e o presidente da Comissão de Educação, presentes a reunião, sinalizaram realização de sessão extraordinária no próximo dia 18|12 especificamente para votar o plano. Neste dia os educadores bragantinos realizarão paralisação na rede a fim de acompanhar a votação no parlamento municipal.

 

Só a luta muda a vida. Greve deixa categoria fortalecida e com importantes avanços

Além da significativa vitória configurada no encaminhamento do PCCR em conformidade com o que fora acumulado pela categoria, os trabalhadores retornam a sala de aula com a publicação das portarias de matrícula e lotação (antes inexistentes) e com a assinatura da Lei de Gestão Democrática, ou seja, a partir do inicio do ano letivo de 2015, previsto para março, as escolas poderão escolher através de eleição direta e democrática os diretores das instituições de ensino.

De importante relevância foi também a elaboração do projeto de reformulação do RJU municipal, que será encaminhado para votação dos vereadores até o dia 11.12.

 

A luta não cessa. Sintepp aguarda posicionamento do governo e MPE sobre concurso público e transporte escolar

Sempre vigilante às políticas de valorização do profissional de ensino e na defesa da educação pública com qualidade social, o Sintepp já formalizou denúncia junto ao Ministério Público Estadual (MPE) e aguarda retorno para as pautas de realização imediata de concurso público e precariedade no transporte escolar.

A categoria aprovou a manutenção do estado de greve até o dia 05|12, na perspectiva do envio do PCCR para Câmara de vereadores, caso o governo descumpra o acordo a greve será retomada. Nesta quarta-feira (3) Sintepp e governo reúnem para definir o calendário de reposição.

Só conquista quem luta! 

Sintepp Sindicato

Read Previous

02|12|2014 – Sintepp debate matriz curricular e jornada de trabalho em escolas tecnológicas estaduais

Read Next

NÃO A PUNIÇÃO DO CALENDÁRIO ZENALDO ‘MERCENÁRIO’ DEVOLVA NOSSO SALÁRIO2

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *