02|12|2014 – Sintepp debate matriz curricular e jornada de trabalho em escolas tecnológicas estaduais

 

A Coordenação Estadual do Sintepp realiza na hoje (2) o Seminário “Matriz curricular e jornada de trabalho das escolas tecnológicas”.

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) executa uma reformulação na matriz curricular que poderá provocar redução nas jornadas dos (as) educadores (as) lotados (as) nas escolas tecnológicas do Estado.

“Neste primeiro momento nossa perspectiva será de analisar a atual matriz e em conjunto com a categoria construir uma proposta a ser entregue ao governo que estabeleça uma jornada fixa aos (as) trabalhadores (as) em educação, evitando assim perdas. Caso o contrário, os pedidos de transferência para o ensino regular serão inevitáveis”, antecipa o coordenador geral do Sintepp, Mateus Ferreira.

O sindicato entende a importância das escolas tecnológicas para a formação de recursos humanos em áreas profissionais de qualificação de jovens e adultos, justamente por isso a valorização dos (as) profissionais que atuam nas referidas escolas torna-se elementar. Só na região metropolitana existem 18 escolas tecnológicas, além de outras 11 no interior.

O Seminário “Matriz curricular e jornada de trabalho nas escolas tecnológicas estaduais do Estado do Pará” ocorre nesta terça-feira (2), às 16h, na EE. Deodoro de Mendonça. (Av. Gov. José Malcher, entre Av. Alc. Cacela e Tv. 14 de março – Nazaré).

Só conquista quem luta!

 
 

banner_seminário_matriz_curricular

Sintepp Sindicato

Read Previous

Câmara de Belém e Sintepp convocam audiência pública para discutir educação ribeirinha

Read Next

Bragança: greve suspensa após a garantia de envio do PCCR para a Câmara até 05.12, mas estado de greve é mantido

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *