Marapanim: três meses de atraso nos salários levam categoria a paralisar atividades

A Subsede de Marapanim, na Regional Nordeste I do Sintepp, informa que nos dias 10 e 11|11 houve paralisação na rede municipal de ensino com manifestação pelas ruas da cidade.

As ações tiveram o intuito de chamar a atenção da prefeita Edilene Rebelo (PR) que exerce forte opressão aos profissionais da educação, chegando a atrasar por aproximadamente três meses os salários.

Os primeiros afetados foram os trabalhadores do apoio (serventes, vigias, agentes administrativos e agentes de portaria) e mais recentemente ocorreu atraso também no pagamento dos professores da educação infantil e demais educadores da rede.

O Sintepp buscou esclarecimentos, porém diante da negativa do governo em dialogar na segunda-feira (10) a categoria deliberou pelo fechamento de uma das vias de entrada do município.

Ontem (11) os trabalhadores seguiram em caminhada até o Fórum de Marapanim para entregar a Promotoria local ofício que solicitava o apoio do judiciário. Na ausência dos representantes legais foi feita a entrega do documento e agendada reunião para hoje (12).

Na sexta-feira (14) a categoria estará na Câmara de vereadores para cobrar do parlamento municipal apoio para resolução da questão.  

Só conquista quem luta!

Sintepp Sindicato

Read Previous

Sociedade civil clama pelo fim da violência. Ato pede instalação de CPI das milícias

Read Next

"Jornada digna é que queremos" em debate no Seminário desta manhã (12)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *