ENE: Comitê Nacional lança vídeo do encontro e aponta encaminhamentos do dia de luta em defesa da educação pública

O Sintepp está na luta e exige dos governos “10% do PIB para a educação pública. Já!”

O Comitê Executivo Nacional da Campanha pelos “10% do PIB para a educação pública. Já!” divulgou na 2ª quinzena de setembro o vídeo resumo do Encontro Nacional de Educação (ENE) ocorrido entre os 08 e 10|08, Clube Municipal da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Entidades nacionais e internacionais participaram do evento, que debateu o fortalecimento e a organização dos movimentos em defesa da educação pública. Além de entidades representativas dos trabalhadores do ensino básico como o Sintepp, participaram do ENE este ano Andes, Sinasefe, Intersindical, CSP-Conlutas, Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), Rede Social para educação pública das Américas (SEPA), Sindicato dos professores da Palestina, Solidariedade da União central sindical da França (Central Unión Syndicale Solidaires), Campo Nacional de Juventude Pajeú, Federação Nacional do Ensino Técnico (Fenet), Oposição de Esquerda da UNE e Anel.

Com o intuito de apresentar um plano de educação a favor dos trabalhadores e da sociedade, alternativo ao PNE que impõe a mercatilização do ensino, o encontrou refletiu ainda sobre conjuntura, lutas sociais, educação e instituiu 21|08 como o dia nacional de Luta contra a criminalização do movimento social.

Nos grupos de discussões (GD’s) foram distendidos os 7 eixos que acumulados nas etapas preparatórias. São eles:

1. Privatização e mercantilização da Educação: das creches à pós-graduação;

2. Financiamento da educação pública;

3. Precarização das atividades dos trabalhadores da educação;

4. Acesso e permanência;

5. Avaliação meritocrática na educação;

6. Democratização da educação;

7. Passe livre e transporte público.

O Sintepp está na construção dos comitês Nacional e estadual. “Participamos do I ENE e reafirmamos a criação dos comitês estaduais em defesa dos “10% do PIB para a educação pública.  Já!” por entendê-los como um passo importante na luta tendo a perspectiva de unificarmos as entidades que representam os trabalhadores em educação e o conjunto das entidades sindicais e populares que defendem a educação pública, que hoje em nosso estado por exemplo apresenta índices baixíssimos, especialmente pela falta de investimentos dos governos federal, estaduais e municipais”, ponderou Eloy Borges, Coordenador de Comunicação do Sintepp, que esteve na capital fluminense.    

Ao final dos debates fez-se a leitura do Manifesto do ENE, que deliberou ainda pela realização em outubro do dia de luta em defesa da educação pública. No Pará a ação da classe trabalhadora será em 15|10, conforme deliberação da Assembleia Geral do Sintepp realizada em 17|09.

Em 2016 o Comitê Nacional pelos “10% do PIB para a educação pública. Já!” organizarão o II ENE. “Intensificar a luta pela defesa da educação pública de qualidade, rumo ao II ENE é um de nossos desafios, ‘pari passu’ a organização e unificação dos trabalhadores para a cobrança de medidas efetivas que retirem nosso estado do quadro de disparidade social que se encontra na atualidade”, concluiu Eloy.  

Só conquista quem luta! Só decide quem participa!

Junte-se a nós, venha para o Sintepp.

Veja o vídeo resumo do ENE: https://www.youtube.com/watch?v=W83t9m_DBbk&feature=youtu.be

Leia o texto inicial que versa sobre quatro dos sete eixos que foram debatidos no ENE. Acesse o texto no endereço: https://docs.google.com/file/d/0B6tj5YAVdaE4UW5DRTdfaFB0WWs/edit

Visite o blog do ENE: ene2014.wordpress.com

 

Sintepp Sindicato

Read Previous

15|10 – Dia de luta em defesa da educação pública

Read Next

15 de outubro – dia nacional de luta em defesa da educação pública (feriado escolar)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *