Sintepp denuncia a política genocida de Bolsonaro

Nossa dor não se fecha em números. Um ano depois da primeira morte por coronavírus no Brasil, assumimos junto com outros países a esteira de epicentro mundial.

O vírus, invisível para a ciência, negado por chefes de Estado, continua nos levando nosso bem maior: A VIDA! Por isso, não é hora de recuar! Queremos vacina para todos/as e a garantia de condições de trabalho e dos recursos tecnológicos para que possamos dar prosseguimento aos nossos compromissos pedagógicos com a qualidade de ensino a que fomos formados/as.

Do luto à luta, convocamos nossa categoria a se manter vigilante e atenta! Aos defensores e executores da necropólitica informamos NENHUM MINUTO DE SILÊNCIO!

Sigamos com coragem, sigamos lutando!

Geisi Dias

Read Previous

SINTEPP Ananindeua denuncia péssimas condições sanitárias no município

Read Next

Congresso derruba veto de Bolsonaro e luta pelos precatórios segue

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *