SINTEPP Mãe do Rio solicita ao MPE revisão na jornada de trabalho de professores

O Sintepp subsede Mãe do Rio protocolou no Ministério Público uma Representação contra a Prefeitura e SEMED Mãe do Rio apontando irregularidades no que diz respeito à Lotação dos trabalhadores do Magistério, haja vista que o Governo Municipal tem negado aos professores/as o direito à jornada integral de até 40 horas semanais, prevista na lei municipal 612/2013 (PCCR), dando preferência a servidores temporários em detrimento aos concursados.

A categoria sempre buscou diálogo, através de requerimentos individuais e de negociação com o Sintepp. Porém a SEMED, por omissão, tem nos negado esse direito.

Para acessar o documento na íntegra clique aqui.

Seguimos na Luta em Defesa da Educação Pública e da Valorização Profissional.

Coordenação do Sintepp Subsede Mãe do Rio.

Geisi Dias

Read Previous

Com mais de 30 escolas infectadas pela COVID-19, Marabá luta pela suspensão do trabalho remoto

Read Next

Campanha em Defesa do FUNDEB público

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *