SINTEPP Belém na luta contra o assédio moral de Zenaldo Coutinho

Veja a fala do coordenador geral do SINTEPP Belém, Mateus Ferreira, em protesto a perseguição aos educadores/as no município.

Em meio a pandemia o prefeito volta a tentar forçar o retorno às aulas presenciais. Nossas unidades de ensino da capital comprovadamente não têm a infraestrutura exigida pelos protocolos de segurança.

Prova disso são as mais de 35 escolas com registro de casos de contaminação pelo coronavírus e as vidas já ceifadas.

Ainda assim, ignorando o respeito às vidas de trabalhadores/as e de toda comunidade escolar, o prefeito usando-se de seus últimos dias no cargo público, quer forçar educadores/as a se deslocarem às escolas.

Não vamos aceitar calados tão infração!

Nossa prioridade é a preservação de vidas!

Sem segurança, sem retorno!

Geisi Dias

Read Previous

Marabá: Categoria aprova prazo para o prefeito apresentar o calendário de pagamentos

Read Next

Nota Pública do FNPE critica novo texto substitutivo ao Projeto de Lei que trata do Fundeb

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *