Mais um para fora do tabuleiro autoritário de Bolsonaro

Menos de um mês após sua posse e em meio a pandemia do novo coronavírus, o Ministro da Saúde Nelson Teich pede demissão do cargo. O anúncio feito oficialmente na manhã de hoje, 15, teve justificativa principal “incompatibilidades” com o governo Jair Bolsonaro, que se opõe a medidas rígidas de confinamento e promove o uso da cloroquina para o tratamento da doença que até a quinta-feira, 14, já registrava mais de 14 mil mortes de brasileiras/os.

A rota de colisão de Teich com Bolsonaro evidenciou-se com as tomadas de decisão do presidente, contrariando orientações técnicas, tal qual ocorrera com Luiz Henrique Madetta, ex-Ministro e que também pediu demissão frente as decisões políticas de Bolsonaro.

O autoritarismo, a instabilidade, as arbitrariedades na gestão e o descaso com a vida humana aumentam as turbulências internas do governo Bolsonaro.

Enquanto nosso país caminha para se tornar um dos principais epicentros mundiais da COVID-19, Bolsonaro insiste no isolamento vertical e no uso de medicamentos controversos. Sem agir como um gestor sério, escolhe fechar seus olhos e ouvidos para a pesquisa científica, como faz ao não demonstrar interesse nas pesquisas internacionais e recomendações da Organização Mundial de Saúde.

Nosso sindicato não aceitará calado que um governante escolha o privilegiamento econômico de uma elite ao custo de nossas vidas.

Continuaremos lutando pela garantia da preservação de todas as vidas e por equipamentos de proteção individual para trabalhadoras/es dos serviços essenciais e pela defesa do Sistema Único de Saúde, e nos manteremos em isolamento social, até que os agentes científicos, públicos e sanitários nos apresentem condições de retorno seguro as nossas atividades presenciais.

Geisi Dias

Read Previous

16 de maio: dia mundial do funcionário/a da educação

Read Next

Justiça defere liminar e obriga município a entregar merenda escolar em Breves

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *