Em 18 de março a EDUCAÇÃO de MÃE DO RIO vai PARAR

Leia abaixo a nota divulgada ontem, 16, pela Coordenação da Subsede do SINTEPP Mãe do Rio.

Saudações trabalhadoras/es em Educação de Mãe do Rio, estudantes, pais/responsáveis e sociedade em geral!

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública – SINTEPP – Subsede Mãe do Rio vem a público informar que a categoria da Educação está em ESTADO DE GREVE.

Isso quer dizer, estamos fazendo ações para cobrar nossos direitos e podemos entrar de GREVE a qualquer momento e paralisar nossas atividades caso o Governo Municipal não apresente uma proposta digna que mostre compromisso com a qualidade da Educação.

Após várias mesas de negociação, não avançamos em nenhuma pauta, pois o Governo não apresentou nenhuma proposta concreta que atenda nossas reivindicações. Apenas fez promessas e não cumpriu nenhuma até agora, mostrando desrespeito com as/os Trabalhadoras/es e com a Educação.

Também lutamos para que as verbas para Educação não sejam reduzidas a nível Federal e Estadual. Muito pelo contrário, exigimos que mais investimentos para este setor, uma vez que sabemos que a Educação é necessária para desenvolver o país e, consequentemente melhorar a vida das pessoas, principalmente as pobres.

Por isso, para o dia 18 de março estamos convocando a GREVE GERAL DA EDUCAÇÃO PÚBLICA, na qual Educadoras/es de todo Brasil estarão realizando atos em defesa da Educação Pública.

Em Mãe do Rio não será diferente, estaremos na Luta!

Saiba pelo que estamos lutando:

  • Por mais investimentos em Educação para seus filhos;
  • Pela melhoria da estrutura física das escolas;
  • Pela valorização de todas/os profissionais da Educação: Porteiro, servente, administrativos, professores, coordenadores, etc;
  • Por maior transparência das contas públicas, principalmente no que se refere à Educação;
  • Pelo pagamento justo do salário dos professores e técnicos pedagógicos. (Isso é um direito! É garantido por lei desde 2008 que todo ano o salário destes profissionais deve ser reajustado, mas o Prefeito não está cumprindo e há três anos não nos dá aumento);
  • Pela atualização salarial dos assistentes administrativos (há 10 anos estão sem reajuste).

Logo, convidamos toda a sociedade a se somar nessa Luta, pois ela é justa e busca uma Educação Pública de Qualidade para o povo.

16 de março de 2020 – SINTEPP Subsede Mãe do Rio.

Geisi Dias

Read Previous

Acará aprova GREVE na rede municipal de ensino

Read Next

Reunião em Xinguara define trabalhos da Coordenação Regional Sul

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *