Educação de Mãe do Rio aprova Estado de Greve

Durante a assembleia geral realizada em 11 de março, a categoria avaliou a campanha salarial, pedagógica e social, aprovou Estado de Greve na rede municipal e afinou a agenda de ações sindicais para o próximo período, tendo ainda confirmado participação na Greve Geral da Educação, que ocorrerá na quarta-feira (18 de março).

Acompanhe abaixo os informes da Coordenação na Assembleia.

Pautas debatidas e deliberadas:

NEGOCIAÇÕES COM O GOVERNO

Após várias mesas de negociação do Sintepp Mãe do Rio com o Governo Municipal, não avançamos em nenhuma pauta, pois a gestão não apresentou nenhuma proposta concreta que atenda nossas reivindicações.

As demandas que o Governo concordou  em atender não foram cumpridas, a exemplo da correção salarial dos coordenadores pedagógicos, o aumento de carga horária dos professores e a proposta de reajuste do piso do magistério, o que demonstra total descaso com a categoria.

ESTADO DE GREVE

A categoria decidiu por unanimidade entrar em Estado de Greve por tempo indeterminado, ou até que o Governo apresente propostas viáveis que atendam nossas reivindicações.

CALENDÁRIO DE AÇÕES

  • 18/03 – Greve Geral da Educação Pública (Mãe do Rio vai Paralisar também).
  • A programar agenda: Seminários sobre Greve e Financiamento da Educação (datas a definir).

Para a direção foi uma assembleia muito representativa e vitoriosa. Portanto, agradece-se à todas/os que se fizeram presentes.

Ousar lutar, ousar vencer!

Coordenação do SinteppSubsede Mãe do Rio – Gestão “O Sindicato somos Tod@s” – 11 de Março de 2020.

Geisi Dias

Read Previous

Sintepp Informa nº 03|2020

Read Next

Castanhal CANCELA paralisação no 18.03 por causa da Covid-19

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *