SINTEPP REÚNE COM GOVERNO E COBRA DIFERENÇA DO PISO 2019 E PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA PARA PAGAMENTO DO PISO

Nosso sindicato reuniu hoje (20) pela manhã com a Secretária de Administração Hana Ghassan, no intuito de garantir previsão orçamentária na Lei Orçamentária Anual (LOA/2020) de pagamento do Piso e outras vantagens, como a continuidade das progressões.

Ressaltamos que essa pauta já vinha sendo construída neste segundo semestre pelo SINTEPP junto ao governo. Cobramos também a diferença do percentual do Piso 2019 (2,17%) e o pagamento da dívida acumulada desde 2015.

A secretária confirmou que o governo incluiu no Plano Plurianual (PPA 2020-2023) previsão de valorização do magistério, e que enviará para ALEPA na segunda-feira (23) projeto de lei para conceder 2,17% de reajuste.

Entretanto, a secretária Hana indicou que essa diferença só deverá ser paga no próximo ano, em janeiro/2020, ou até fevereiro/2020, retroativo a janeiro/2020. Segundo a SEAD, o impacto com o reajuste será de R$ 54 milhões ao ano.

Questionada sobre qual a previsão do reajuste para o ano que vem, se garantirão o piso, visto que pagarão a diferença de 2019 só em 2020, quando já vigora um novo piso, a secretária se limitou em responder que o governador disse que não quer ter dívidas com a categoria, e que estão trabalhando com a perspectiva de reajuste, mas que só poderá de manifestar mesmo ano que vem.

Sobre a Reforma da Previdência deixamos claro que continuaríamos a pressão para que não fosse aprovada e que essa mudança atropelou todo o processo de negociação, criando um clima de tensão na nossa categoria.

A secretária disse estar ciente do desgaste, mas que essa decisão era irreversível, sob pena do Estado ter dificuldades em garantir a folha no futuro. Disse ainda que continuariam dispostos a negociar dentro das possibilidades fiscais e orçamentárias do Estado, e que a decisão do governador continuava sendo de priorizar educação e segurança pública no debate.

Sobre a negociação de reposição dos dias paralisados a titular da SEAD disse que não via problemas em se negociar, mas que essa pauta deveria ser discutida diretamente na Seduc, apontando reunião para dia 26/12.

Na segunda-feira (23) voltaremos à ALEPA para dar continuidade à nossa luta contra a destruição de nossa previdência.

Geisi Dias

Read Previous

23|Dez: Ato em defesa da nossa previdência!

Read Next

Em 2020, o Piso Nacional do Magistério deverá ser R$ 2.886,15

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *