Nova Escola Estadual Marcus Valério Barbosa, uma aclamação popular

Localizada no Bairro Park dos Buritis II da cidade de Redenção, a construção da Escola Estadual no novo e conceituado bairro da cidade passou de um mero sonho para a cristalização verídica de uma grandiosa realização.

O fato de escola ter chegado a sua conclusão já seria motivo para grande alegria dos munícipes e comunidade escolar em geral, mas maior alegria foi quando saiu a portaria com o nome de batismo, MARCUS VALÉRIO BARBOSA, pois tratava-se de um professor trabalhador em educação que deixou um legado de abnegação e laboriosa conduta profissional junto a comunidade escolar da nossa cidade.

No entanto, na semana que antecedeu a inauguração a cidade foi surpreendida quando o muro da escola foi pintado e nele apareceu o nome ESCOLA ESTADUAL THALLES POSSIDÔNIO (tratava-se do irmão de um conceituado vereador da cidade, membro uma tradicional família evangélica local).

Foi então que se deu conta que o ex-governador Simão Jatene cometeu uma enorme garfe ao assinar dois decretos com nomes diferentes para a escola que seria inaugurada. O primeiro assinado em 14 de dezembro de 2015, quando o professor Marcus Valério ainda estava vivo, e o segundo assinado em 06 de setembro de 2016, após a sua morte por infarto.

Assim, após o muro ser pintado o que se viu foi um misto de revolta, indignação e muitos questionamentos ganhando as ruas e explodindo nas redes sociais da cidade.

Por fim, tudo terminou bem, pois a família Possidônio decidiu desistir da homenagem em favor da aclamação popular pelo nome do professor Marcus Valério Barbosa. Os trabalhadores em educação regozijaram-se com o gesto de grandeza da família Possidônio desistindo da homenagem ao ente querido.

“Acreditamos que não faltará oportunidade do membro querido da família Possidônio ser homenageado, pois tem no legislativo local um parlamentar atuante, respeitado e influente, mas o momento é de comemoração por esta grande conquista que representa acima de tudo, o reconhecimento de toda uma categoria dos/as trabalhadores/as em educação, especialmente da categoria docente, também chamados de  professores e professoras. Todos sentiram-se prestigiados e valorizados com essa vitória da educação em nosso município”, finalizou Vanderley Sousa, Coordenador Geral do SINTEPP Redenção.

netozip

Read Previous

Ditadura Nunca Mais – 31 de março

Read Next

Categoria aprova ESTADO de GREVE