NOTA DE REPÚDIO: EDUCADORES DIZEM NÃO À DOUTRINAÇÃO DO MEC

A Coordenação Estadual do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação Pública do Pará vem repudiar a carta do Ministério da Educação onde pede aos diretores das escolas públicas e privadas que perfilem diante da Bandeira Nacional, os professores, alunos e demais funcionários, para que cantem o Hino Nacional e ao final da execução que também seja lido o slogan da campanha eleitoral do Presidente da República, que realizem a filmagem para posterior envio ao Ministério da Educação.

Entendemos que o pedido é uma afronta aos educadores, um profundo desrespeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente, quando sugere a exposição das crianças sem prévia autorização de seus pais ou responsáveis além apresentar um profundo desrespeito à Constituição Federal ao ferir o princípio da impessoalidade.

Antes do governo se preocupar em se auto promover através da educação brasileira, deveria se preocupar em garantir uma educação gratuita, laica e de qualidade social, proporcionando investimento em infraestrutura, qualificação profissional e valorização remuneratória para os trabalhadores da educação e o principal, tratar a educação com respeito.

Aproveitamos para externar a profunda indignação do SINTEPP e também nos solidarizarmos com todos aqueles e aquelas que ao tomarem conhecimento da carta do MEC sentiram-se afrontados nos seus locais de trabalho.

Orientamos aos pais e responsáveis, professores, alunos e demais funcionários que façam os registros da situação precária em que se encontram as escolas e enviem para o endereço eletrônico fornecido pelo MEC para que o Ministro tome conhecimento da realidade da educação brasileira.

netozip

Read Previous

08M – Marcha das Mulheres – Mercado de São Brás, 8:30h

Read Next

Pais de alunos ocupam escola em forma de protesto, em Medicilândia