Escola Estadual Antonio Brasil em Tome-Açú abandonada pelo estado

A Escola Estadual de Ensino Médio Antônio Brasil, localizada no município de Tomé- Açu/PA (escola sede) vive uma situação dramática desde final do ano passado, e os principais penalizados são os alunos que em grande parte são da zona rural.

Ainda em novembro de 2015 a escola, conforme os dispositivos legais – através de eleição direta, elegeu o Professor Carlos Henrique Monteiro (vices Valéria Coelho e Selma Miranda) para a direção, porém até o momento a SEDUC/11° URE (Santa Isabel) vêm fazendo “ouvido de mercador” e não nomearam a nova direção penalizando a autonomia e a democracia escolar.

O processo 0000978356/2016, que trata da nomeação dos eleitos, já está na SEDUC, mas quem define se nomeará ou não o diretor é o secretário José Megale da Casa Civil do governo do Estado em total desrespeito a lei, enquanto a comunidade continua esperando ansiosa a decisão.

Por outro lado, a escola passa por uma situação de abandono e descaso: está sem funcionários de apoio, serventes e vigias, bem como não tem professores para as disciplinas de Educação Física, Física, Inglês, Filosofia, Química, Biologia, Matemática e Matemática Financeira, pois os distratos que ocorreram no início do ano de 2016 não tiveram o quadro reposto para suprir a demanda da Escola.

Jatene|Ana Hage (PSDB) e 11°URE não têm o direito de fazer isso com a educação de nossos jovens e adultos, são mais de 9 meses protelando a decisão de uma escola que desde 2008 realizou eleições diretas para a direção e garantiu a gestão democrática. O mais lamentável ainda é que a escola Antonio Brasil, assim como as demais escolas de Tome-Açú tenham que pedir socorro para a prefeitura pra poder funcionar, o que é uma vergonha!

Esse é o projeto dos tucanos (PSDB) para a educação no estado do Pará? Não vamos admitir esse absurdo! Por isso exigimos que a SEDUC e as URE’s resolvam imediatamente a situação da escola Antonio Brasil bem como as demais que se encontram na mesma situação.

Chamamos o Ministério Publico Estadual a tomar posição sobre a situação da Escola Estadual Antonio Brasil e demais escolas do município e nos colocamos a disposição da comunidade para resolver a situação. O Sintepp já acompanha mais este caso.


*Com informações da Comunidade Escolar e do Coordenador do Sintepp Abel Ribeiro.

Geisi Dias

Read Previous

SINTEPP afirma posição sobre Matriz Curricular para SEDUC

Read Next

A justiça mandou pagar o piso. E agora Jatene?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *